A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

21/03/2012 14:59

Março já registra 95% de incêndios a mais que primeiro trimestre de 2011

Fernando da Mata
Bombeiro apaga incêndio no Santo Antônio (Foto: Marlon Ganassin)Bombeiro apaga incêndio no Santo Antônio (Foto: Marlon Ganassin)

O mês de março ainda não terminou, entretanto já registrou quase o dobro de focos de incêndio em vegetações em Campo Grande, se comparado com todo o primeiro trimestre de 2011.

Veja Mais
Dobra número de focos de queimadas em MS, segundo o Ibama
Segunda-feira de tempo claro e com possibilidades de chuvas à tarde, em MS

Estatísticas do Corpo de Bombeiros mostram que, até terça-feira (20), março registrou 45 focos na Capital, número 95,6% maior que o total registrado nos três primeiros meses do ano passado, 23. Em março de 2011, foram apenas sete.

Somando os números de março com janeiro e fevereiro, 2012 teve registro de 75 incêndios em vegetação. O último que o Corpo de Bombeiros atendeu, até terça-feira (20), aconteceu no bairro Santo Antônio. Por volta das 15h30, um terreno baldio de cerca de três mil metros quadrados pegou fogo na rua Afrânio Peixoto.

O mato tomava conta do local e as chamas assustaram os moradores. A região ficou tomada pela fumaça e fuligem. Os bombeiros controlaram o incêndio, que pode ter sido criminoso.

Um dos fatores que causaram o aumento é a ausência de chuvas. O elevado número de incêndios chama atenção pelo fato de estar fora da estiagem, que começa só no meio do ano.

Mais números - Conforme o Corpo de Bombeiros, em 2011, o número de focos de incêndios em Campo Grande foi a 856, bem menor que os 1.185 registrados do ano anterior.

Com 115 focos, o terceiro mês de 2010 foi o campeão das queimadas entre os marços de 2005 e 2011. Há sete anos, o número de incêndios em vegetações chegou a 1.383, maior índice desde então.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions