A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

31/07/2016 17:03

Morador afirma que esgoto residencial foi despejado irregularmente em área rural

Fernanda Yafusso
Dejetos de esgoto residencial estariam sendo lançados em área rural (Foto Reprodução)Dejetos de esgoto residencial estariam sendo lançados em área rural (Foto Reprodução)

O Campo Grande News recebeu uma denúncia sobre dejetos de esgoto que estariam sendo despejados no córrego Paraíso, pela prefeitura do município de Paraíso das Águas, distante 280 quilômetros de Campo Grande.

Veja Mais
Obras de esgoto acontecem em 35 ruas da Capital nesta semana
PMA multa em R$ 11,4 mil empresa que transportava madeira irregularmente

De acordo com a denúncia, o esgoto estaria sendo coletado das casas e sendo jogado em uma área rural, situação se repete há algum tempo na região.

Em vídeo enviado ao Campo Grande News, é possível ver um veículo despejando os dejetos em uma área rural. Segundo a denúncia o fato ocorreu no início da tarde da última segunda-feira (25) em uma região localizada a 3 quilômetros de distância da rotatória de acesso principal da cidade.

Segundo relato da pessoa que denunciou, o caminhão limpa fosse estava identificado com adesivo nas duas portas "Prefeitura Municipal de Paraíso das Águas".

"Dentro do caminhão tinha dois homens, um motorista e o ajudante que trafegavam em baixa velocidade estavam jogando os dejetos extraídos das fossas das casas dos moradores. O cheiro era insuportável e próximo dali, uns 800 metros existe um córrego. No local existem também caixas destinadas para a captação de água fluvial e ao lado dessas caixas existe um confinamento de gado".

A situação continuou ocorrendo durante o restante do dia, segundo denúncia. Além disso, segundo a denúncia, esse fato ocorre com frequência na cidade e os moradores estão cientes mas não tiveram como provar.

 

Crime ambiental - De acordo com o Major Queiroz da PMA (Polícia Militar Ambiental), o caso será investigado e que se for constatado crime ambiental a multa administrativa para os responsáveis pode chegar até R$ 50 milhões.

"Caso seja caracterizado o fato como crime ambiental, será aplicada uma multa que varia entre R$ 5 mil e R$ 50 milhões dependendo da gravidade do caso. Além de haver a necessidade de uma reparação do dano e o cessar do problema. Se houver mortandade de animais na região em que os resídios estão sendo lançados, é considerado crime ambiental e a pena pode chegar até 4 anos de reclusão para os responsáveis, de acordo com a Lei nº 9.605, art. 54".

O Major ainda explica que se for esgoto clandestino, a PMA irá notificar a prefeitura para que localize os responsáveis e tome as providências necessárias para cessar o problema.

Sobre a versão do município, a reportagem tentou falar por diversas vezes com os responsáveis de Paraíso das Águas, o prefeito Ivan da Cruz Pereira e o responsável pela pasta do Meio Ambiente no município, secretário Wilson Mateus, mas não obteve respostas até o fechamento da reportagem.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions