A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

30/04/2014 19:25

MPF denuncia agricultor por corte ilegal em fazenda de Juti

Caroline Maldonado

Um agricultor do município de Juti, localizado à 320 Km de Campo Grande, foi denunciado por corte e armazenamento ilegais de 7 mil m² (0,7 hectare) de mata da Fazenda Brasília do Sul. Se condenado, ele poderá ter pena entre dois e cinco anos, além de pagar multa e a devida reparação ambiental na esfera cível, de acordo com o MPF (Ministério Público Federal), que fez a denuncia.

Veja Mais
Caminhoneiro é flagrado com carga ilegal e vai responder por crime ambiental
Mulher é presa por tráfico de drogas e acaba flagrada por crime ambiental

A derrubada de árvores alcançou a mata ciliar do córrego São Domingos, que atravessa a fazenda. O local onde ocorreu o corte foi reconhecido, em 2005, pela Funai (Fundação nacional do Índio), como terra tradicional da etnia Guarani-Kaiowá, denominada pelos índios como tekohá Taquara.

O local da tekohá Taquara foi palco de muitas batalhas pelos direitos indígenas. Foi onde viveu o cacique Marco Veron, um dos mais influentes personagens na busca pelo reconhecimento dos direitos dos índios guarani-kaiowá na região. O assassinato de Veron, em 2003, teve repercussão internacional. Foi o primeiro caso de violência contra indígenas em MS em que os acusados foram condenados.

Caminhoneiro é flagrado com carga ilegal e vai responder por crime ambiental
Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas realizavam fiscalização ontem no município de Água Clara e apreenderam uma carga de aroeira ilegal. A m...
Crime ambiental
Desrespeito Novembro é tempo de pesca proibida, para proteger o período de reprodução dos peixes, a Piracema. Pois na região de Rochedo, esse momento...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions