A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

15/10/2014 10:35

Municípios terão mais quatro anos para acabar com os lixões

Viviane Oliveira
Campo Grande foi uma das cidades que não cumpriu o prazo. (Foto: Marcelo Victor) Campo Grande foi uma das cidades que não cumpriu o prazo. (Foto: Marcelo Victor)

A Câmara dos Deputados aprovou, na noite de ontem (14), a ampliação em quatro anos do prazo para que as prefeituras acabem com os lixões a céu aberto existentes em várias cidades do país.

Veja Mais
Só sete cidades de MS cumprem prazo e acabam com lixões
Jiboia de 1,5 metro é encontrada dentro de armário no Monte Líbano

A lei, que é de 2010, fixou o mês de agosto deste ano como prazo máximo para a substituição dos lixões por aterros sanitários. No entanto, a maioria dos municípios não conseguiu cumprir e dar fim aos lixões.

De acordo com a Câmara, o aumento do prazo para o fim dos lixões é reivindicação de vários prefeitos, que temem a aplicação de multas previstas pela Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Em Campo Grande, a existência do lixão ainda deve se arrastar por algum tempo. Em setembro, a Prefeitura da Capital, anunciou a criação de um grupo de trabalho para gerenciar o fechamento do lixão e a transição para a UTR (Unidade de Tratamento de Resíduos).

Em dezembro de 2012, o lixão chegou a ser fechado após funcionar por 28 anos. No entanto, a Justiça determinou a reabertura em janeiro de 2013, pois os catadores ficaram sem fonte de renda.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions