A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

06/12/2012 13:49

Operação apreende 251 kg de pescado e aplica R$ 25 mil em multas

Aline dos Santos
Foram apreendido 251 quilos de pescado em um mês de operação Piracema. (Foto: Divulgação)Foram apreendido 251 quilos de pescado em um mês de operação Piracema. (Foto: Divulgação)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) apreendeu 251 quilos de pescado em um mês de operação Piracema. O resultado é um pouco menor do que o do primeiro mês do período de defeso de 2011, que totalizou 307 quilos. Neste ano, foram seis prisões em flagrante e 13 pessoas autuadas no espaço de 30 dias.

Veja Mais
Em 7 dias, choveu 56% do esperado para o mês em município do interior
Quinta-feira de tempo instável, com chuvas durante todo o dia e máxima de 37ºC


Conforme a polícia, os presos são soltos após pagamento de fiança. No entanto, o procedimento serve para demonstrar que a pesca neste período é crime. Em caso de reincidência, não há fiança. As pessoas autuadas responderão a processo criminal e poderão, se condenadas, pegar pena de um a três anos de detenção. A multa administrativa vai de R$ 700 a R$ 100 mil, mais R$ 20 por quilo do pescado irregular.

Neste primeiro mês, foram apreendidos 289 anzóis de galho, três barcos, 19 redes e quatro tarrafas. A quantidade de petrechos de pesca, barco, motores de popa apreendidos está dentro do que se apreendeu em piracemas anteriores.

Com relação ao número de redes de pesca e anzóis de galho apreendidos, houve diminuição. As multas aplicadas chegam a R$ 25 mil. Em 2011, durante todo o período de defeso, o total de multas foi de R$ 113 mil.


A Polícia Militar Ambiental monitora os cardumes e faz fiscalização nos pontos críticos: cachoeiras e corredeiras. A proibição de pescar começou em novembro e vai até 28 de fevereiro.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions