A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

09/03/2011 12:46

Operação Carnaval da PMA apreende 441 quilos de pescado em MS

Fabiano Arruda

Número de prisões e multas caiu em relação ao ano passado

Apreensão de pescado neste ano cresceu em relação à operação em 2010. (Foto: Divulgação/PMA)Apreensão de pescado neste ano cresceu em relação à operação em 2010. (Foto: Divulgação/PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) concluiu na manhã desta quarta-feira a Operação Carnaval, desencadeada na sexta. O balanço aponta nove pessoas presas e 441 quilos de pescado irregular apreendidos.

A corporação considera que a operação foi tranquila em relação ao número de presos. No ano passado foram 20.

O valor das multas aplicadas no período também caiu significativamente em relação a 2010, quando as autuações somaram R$ 112 mil. Neste ano foram R$ 18,8 mil.

Mas o número de quantidade de pescado apreendido aumentou. Em 2010 foram 282 quilos contra os 441 quilos deste ano.

Duas apreensões foram grandes nesta operação: uma de 170 e outra de 111 quilos, com dois pescadores em ocorrências isoladas.

Em relação aos crimes ambientais, a PMA acredita que as chuvas contribuíram para o baixo número de infrações.

Operação - A Operação Carnaval da PMA, que fiscalizou as cidades que recebem, tradicionalmente, maior número de turistas, é desencadeada para coibir a pesca predatória em rios importantes.

Entre as cidades que têm atenção redobrada pela corporação estão Corumbá, Bonito, Jardim, Coxim, Aquidauana, Porto Murtinho e Miranda.

A corporação montou postos avançados nas cachoeiras dos rios Anhanduí, em Bataguassu, Rio Verde, em Ribas do Rio Pardo, Salto do Pirapó, em Juti e Cachoeira do Sossego, no rio Aquidauana, em Rochedo, que foram montados durante a fiscalização da piracema permanecem instalados.

Três equipes de Campo Grande exerceram fiscalização itinerante, sem área definida, com serviços de barreiras e fiscalização fluvial.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions