A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

23/07/2014 22:11

Pantanal do Estado está no mapa de conflitos ambientais

Alan Diógenes

Produzido por 23 universidades e organizações civis, o Atlas de Justiça Ambiental aponta que o Brasil registra pelo menos 58 disputas, sendo uma grande responsável por estes números, uma só empresa brasileira de mineração.

Veja Mais
Em 7 dias, choveu 56% do esperado para o mês em município do interior
Quinta-feira de tempo instável, com chuvas durante todo o dia e máxima de 37ºC

Não chega a ser uma surpresa que o Brasil, com seu modelo econômico baseado na expansão da agricultura e mineração e com sua geração de energia dependente de grandes hidroelétricas, possua muitos conflitos ambientais.

Porém, a situação pode ser ainda pior do que muitos imaginavam: com 58 disputas oficialmente registradas, nosso país ocupa o terceiro lugar no ranking mundial de conflitos ambientais.

Uma delas esta na região de Corumbá e Ladário, localizada no Pantanal de Mato Grosso do Sul, que possui a terceira maior reserva de minério de ferro no Brasil e resulta em conflito ambiental com as populações tradicionais que vivem na região.

A Organização Não Governamental (ONG) ECOA – Ecologia e Ação, desde 2003 trabalha na resolução destes conflitos que se arrastam até os dias atuais, como, por exemplo, o não acesso a água.

Este processo de diálogos multisetoriais para a solução de conflitos na região, atualmente conta com o apoio do Ministério Público Federal (MPF/MS) em Corumbá (MS).

Além deste, existem também outros conflitos ambientais pelos territórios e violação dos direitos humanos de comunidades tradicionais, ribeirinhas, indígenas e quilombolas que vivem no Pantanal, mas que ainda não constam no Atlas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions