A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

01/03/2013 09:34

Pecuarista preso por desviar curso de água é multado em R$ 46 mil

Francisco Júnior
Área  construída irregularmente . (Foto: Divulgação)Área construída irregularmente . (Foto: Divulgação)

Um pecuarista de 47 anos foi preso suspeito de desviar o curso de um rio e deixar parte da cidade de Sete Quedas sem abastecimento de água por 12 horas.

Veja Mais
Calor passa dos 40°C e cidade de MS volta a ser a mais quente do país
Início de semana com previsão de chuvas e máxima de 34ºC no Estado

Ontem (28), policiais da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Mundo Novo foram até a cidade e verificaram que o pecuarista havia construído tanques para represamento da água, em uma área de nascente (Área de Preservação Permanente-APP) e parte da água com alta turbidez havia sido carreada para um córrego utilizado para o abastecimento público, que ficou impedido na cidade.

O pecuarista não possuía licença para as atividades e, portanto, elas foram interditadas. Ele ainda foi multado em R$ 45.680,00 por destruir ou danificar área considerada de preservação permanente e causar poluição hídrica que torne necessária a interrupção do abastecimento público de água de uma comunidade.

A pena para o crime de poluição é de um a quatro anos de reclusão. Para o crime de destruir área de preservação permanente a pena é de uma a três anos de detenção.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions