A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

02/10/2014 09:43

PMA antecipa fiscalização e põe 300 policiais para vistoriar rios de MS

Viviane Oliveira
A operação começou hoje e vai terminar no dia 6 de novembro. (Foto: divulgação/PMA)A operação começou hoje e vai terminar no dia 6 de novembro. (Foto: divulgação/PMA)
No mês de setembro, uma grande quantidade de peixes foram apreendidos. (Foto: divulgação/PMA)No mês de setembro, uma grande quantidade de peixes foram apreendidos. (Foto: divulgação/PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) começou às 8h de hoje a operação Pré-Piracema, que vai envolver 300 policiais. A ação de combate a pesca predatória foi antecipada devido ao grande número de pessoas autuadas e de pescados apreendidos no mês de setembro, no total foram 31 pescadores e 648 quilos de peixes apreendidos. 

Veja Mais
Domingo será de calor e chuvas com trovoadas em todo o MS, alerta instituto
Temporal com chuva de 30 milímetros e vento forte alaga ruas de Dourados

Neste ano, a operação Pré-Piracema vai englobar também o Dia de Finados, que vai se estender até 6 de novembro às 8h, um dia depois do fechamento da pesca, na bacia do Rio Paraguai. Antes a ação começava 30 de outubro e se estendia até o dia 3 de novembro.

A Polícia Ambiental alerta a população que vai pescar para cumprir as leis. Mesmo com a pesca aberta, varias atitudes são crimes ambientais, com as mesmas penalidades de pescar em período de Piracema, como por exemplo, pescar com petrechos, ou com método de pesca proibidos, em quantidade superior a permitida, ou em local proibido e capturar pescado com tamanho inferior ao permitido. A multa varia de R$ 700 a R$ 100 mil e R$ 20 reais por quilo de pescado irregular.

Os policiais vão distribuir o Manual do Pescador nas 25 subunidades da PMA, contendo toda a legislação de pesca, tanto para a Bacia do Rio Paraná, quanto do Rio Paraguai. Quem quiser consultar pela internet as informações estão no site www.pma.ms.gov.br.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions