A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

10/06/2011 22:10

PMA autua fazendeiro em R$ 22,4 mil por extração ilegal de madeira

Paulo Fernandes

Policiais autuaram ontem um proprietário rural por exploração de madeira em uma área de reserva legal sem autorização, na Fazenda Triângulo, em Cassilândia (418 km de Campo Grande).

A PMA (Polícia Militar Ambiental) encontrou várias árvores cortadas das espécies Faveiro (Pteradon Ermaginatus) e Pimenta de Macaco (Xilopia aromática). As duas são espécies do cerrado.

As árvores foram cortadas com o uso de motosserra. Segundo a polícia, algumas foram cortadas há muito tempo, indicando que a reserva vem sendo explorada há anos. A área de reserva legal tem 2,8 ha.

Além dos danos ambientais na reserva legal, também foi encontrado o corte raso de oito árvores de faveiro fora daquela área de preservação, o que também é proibido.

Segundo o site Coxim Agora, o proprietário afirmou que não possuía nenhum dos documentos exigidos pela legislação e alegou que não foi ele quem retirou a madeira.

No entanto, segundo aquele site, parte da madeira cortada havia sido usada no curral da propriedade.

O dono da fazenda foi multado em R$ 22,4 mil, o local foi embargado e as oito toras de madeira encontradas foram apreendidas. O fazendeiro também responderá por crime ambiental e poderá ser condenado a pena de 6 meses a 1 ano de detenção.




Fazendeiros como esse que praticam a extração de madeira ilegalmente, devem sim ser punidos, pois não é muito dificil conseguir uma autorização legal para a extração dentro da propriedade. Foi boa a ação da policia, agora resta saber que fim levara essa madeira apreendida.
 
Bruno Albuquerque cac em 11/06/2011 12:41:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions