A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

08/04/2011 07:47

PMA flagra erosões em nascente de fazenda e multa fazendeiro em R$ 10 mil

Ricardo Campos Jr.

Mais de 1 hectare de matas ciliares foram prejudicados

A área foi interditada para a proteção e recuperação e atividades agrícolas ou agropecuárias foram proibidas no local.(Foto: divulgação/PMA)A área foi interditada para a proteção e recuperação e atividades agrícolas ou agropecuárias foram proibidas no local.(Foto: divulgação/PMA)

Dono de uma propriedade no município de Santa Rita do Pardo, um fazendeiro da cidade de Presidente Prudente (SP) foi autuado por crime ambiental e multado em R$ 10 mil por causa de vários processos erosivos que foram flagrados pela PMA (Polícia Militar Ambiental) no local. A fiscalização em fazendas da região aconteceu durante a tarde de ontem (7).

De acordo com informações da Polícia Ambiental, havia afloramento do lençol freático, o que afetava uma área de nascentes, provocando assoreamento. A área de matas ciliares do córrego foi prejudicada em torno de 1,07 hectares.

A falta de conservação do solo na fazenda causou o problema. Ela é obrigatória para os proprietários rurais que fazem intervenções para a produção. Os policiais ambientais notaram total desprezo pela manutenção do bem natural.

A área foi interditada para a proteção e recuperação e atividades agrícolas ou agropecuárias foram proibidas no local. O fazendeiro foi notificado ainda a apresentar um projeto de recuperação da área degradada, que tem de ser feito em um prazo de 30 dias junto aos órgãos ambientais.

A recuperação pode ser iniciada voluntariamente pelo proprietário, desde que acompanhada por um responsável técnico e comunicada aos órgãos ambientais.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions