A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

18/12/2010 13:18

PMA flagra pescador com rede de 50 metros em Iguatemi

Ricardo Campos Jr.

Por usar instrumento proibido, pescador foi autuado por crime ambiental

PMA alerta que somente pesca de subsistência é permitida durante a PiracemaPMA alerta que somente pesca de subsistência é permitida durante a Piracema

Um homem foi preso na tarde de ontem (17) ao ser flagrado pela PMA (Polícia Militar Ambiental) pescando com uma rede de 50 metros no rio Piraí em Iguatemi, cidade que fica a 466 quilômetros de Campo Grande.

Segundo informações da polícia ambiental, o pescador ainda não havia capturado nenhum peixe, mas ainda assim, por usar um petrecho proibido e por praticar a pesca no período da Piracema, ele foi autuado por “pesca predatória”.

O homem foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil de Iguatemi onde foi autuado e liberado após o pagamento da fiança. O pescador irá responder ao processo em liberdade e caso seja condenado, poderá pegar de 1 a 3 anos de prisão.

Durante o período da Piracema, a PMA montou uma operação de fiscalização para coibir pesca predatória e montou postos fixos perto de alguns dos locais preferidos de pescadores, principalmente cachoeiras, que são os locais onde os peixes estão mais vulneráveis.

Apesar de o foco ser nos rios, os policiais ficam atentos ao tráfico de animais, madeira e outros crimes ambientais.

A PMA alerta que a única pesca permitida neste período nos rios de domínio do Estado é da modalidade de subsistência. A população que mora no perímetro urbano às margens de rios não pode praticar pesca.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions