A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

15/02/2015 15:19

PMA prende 5 por pesca predatória; fiança e multas chegam a R$ 14 mil

Renan Nucci
Parte do material apreendido pela PMA na ação. (Foto: Divulgação/PMA)Parte do material apreendido pela PMA na ação. (Foto: Divulgação/PMA)

A PMA (Polícia Militar Ambiental) prendeu na noite de ontem (14) cinco pessoas que realizavam pesca predatória no rio Aporé, em Cassilândia, a 418 quilômetros de Campo Grande. Com o grupo foi apreendido uma espingarda e munições sem documentação, seis quilos de pescado, embarcações e utensílios de caça.

Veja Mais
PMA autua fazendeiro em R$ 19 mil por desmatamento ilegal de área protegida
PMA aplica quase R$ 30mil em multas por infrações contra meio ambiente em 2 dias

Os policiais que atuam no âmbito da Operação Carnaval flagrou os autores em uma região conhecida como Casa de Pedra, nas proximidades da foz do Aporé com o Rio da Prata. Há suspeita de que eles praticariam caça.

Foram apreendidos 17 exemplares de peixe da espécie Piau, dois motores de popa, dois barcos de alumínio, sete molinetes com varas, a espingarda e as munições. Os infratores, de 35, 39, 41, 52 e 56 anos, residentes em Cassilândia, receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia local, onde foram autuados em flagrante por pesca predatória. Eles saíram depois de pagar fiança de R$ 3.150.

O proprietário da arma, de 56 anos, também foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma e pagou fiança total de R$ 6.000. Cada infrator também foi multado administrativamente em R$ 1.020 por pescar durante a piracema.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions