A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

12/02/2013 19:45

PMA prende pescador pela 4ª vez e aplica multa de mais de R$ 10 mil

Helton Verão
O pescado tinha marcas de terem sido capturados com acessórios proibidos (Foto: Divulgação)O pescado tinha marcas de terem sido capturados com acessórios proibidos (Foto: Divulgação)

Dois pescadores foram presos em flagrante por pescar no período da Piracema e com petrechos proibidos. Ele foi detido por Policiais Militares Ambientais de Jardim que realizavam patrulhamento no centro do município.

Veja Mais
Jiboia de 1,5 metro é encontrada dentro de armário no Monte Líbano
Sucuri de 4 metros é encontrada em hotel, enrolada a filhote de cachorro

Eles estavam em um Fiat Uno e tentaram desvencilhar dos policiais, mudando de trajeto. No veículo foi encontrada uma tarrafa (petrecho proibido) e dois peixes, sendo um "pintado" e um "cachara", pesando 14 kg, ambos com marcas de terem sido capturados com acessórios proibidos.

Os pescadores confessaram ter capturado os peixes em noite anterior no rio Miranda, com utilização de redes e tarrafas e que haviam capturado 16 peixes das espécies cachara e pintado durante a pescaria, porém, os demais, já tinham sido vendidos.

Diante do crime ambiental, o pescado e o veículo foram apreendidos e os infratores receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Jardim, juntamente com o material apreendido e autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. Se condenados pelo crime ambiental poderão pegar pena de um a três anos de detenção.

Um dos pescadores é reincidente e é a 4ª vez que a PMA o prende em flagrante por pesca predatória. Ele foi multado administrativamente em R$ 10.820,00. O outro, que não era reincidente foi multado em R$ 980,00.O pescado apreendido será doado para instituição filantrópica após a perícia.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions