A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

27/06/2012 13:54

Prefeitura vai instalar lixeiras feitas com pneus que seriam inutilizados

Nadyenka Castro

Objetivo da Prefeitura é instalar, inicialmente, 100 recipientes. Os primeiros estão na área destinada à observação de aeronaves, no Aeroporto Internacional

Lixeira feita com pneus está instalada na área destinada à observação de aeronaves, no Aeroporto Internacional. (Foto: Divulgação)Lixeira feita com pneus está instalada na área destinada à observação de aeronaves, no Aeroporto Internacional. (Foto: Divulgação)

Em Campo Grande, pneus inservíveis que iriam para o lixo estão sendo transformados em lixeira. No processo de construção dos recipientes, o composto da borracha utilizada nos pneus substituiu a pedra de concreto.

O projeto é da Prefeitura de Campo Grande e dá continuidade à implantação da política de resíduos sólidos, onde estão a coleta seletiva e educação ambiental. A meta inicial é produzir 100 lixeiras até o fim do ano.

As primeiras lixeiras foram colocadas na área destinada à observação de pouso e decolagem de aeronaves, no Aeroporto Internacional. O próximo local a receber as novas lixeiras será a Orla Morena, que será contemplada com 15 recipientes.

A colocação das novas lixeiras na Orla Morena é uma reivindicação da Associação dos Amigos da Orla Morena. A entidade será um importante aliado na conservação das lixeiras.

O titular da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Marcos Cristaldo aponta as vantagens das novas lixeiras. “Elas possuem mais durabilidade. Com esta ação, estamos incentivando a neutralização de matérias, no caso os pneus. As lixeiras são resistentes à depredação e reduzem a extração da pedra que é matéria prima do solo”, argumenta.

Cristaldo ainda informou que a Prefeitura está buscando novas alternativas para construir as lixeiras com outros materiais recicláveis. “Nós já estamos estudando construir novas lixeiras a partir do novo agregado, que é o Resíduo da Construção Civil -RCC. Com este material, pretendemos substituir a areia. Esta é mais uma forma de preservamos o meio ambiente”, comenta.

Segundo o secretário, as novas lixeiras serão colocadas em locais de passeio público, onde há grande concentração de pessoas. “De imediato, já pensamos em colocar lixeiras na Praça Ary Coelho, que passa por revitalização, altos da Avenida Afonso Pena, Paço Municipal, na Central de Atendimento do Cidadão (CAC). O mais importante disso tudo é que estamos dando inicio a uma política ambiental correta, de produzir e implantar lixeira a partir de materiais recicláveis”, frisa Marcos Cristaldo.




Bom dia, muito bom esse trabalho.. Gostaria de fazer em minha cidade, onde não a lixeiras porque foram todas depredadas. Quero saber como é o processo de chegar a essas lixeiras.

Muito Grata a Atenção, e fico no aguardo da reposta.




Aline Schuster Ajala
Bióloga 81270/03-D
 
Aline Schuster Ajala em 28/06/2012 09:49:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions