A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

19/02/2013 09:29

Poda de árvore sem autorização pode gerar multa de até 5 mil

Viviane Oliveira
Professor Geraldo diz que o ideal é plantar árvores do Cerrado. (Fotos: Simão Nogueira) Professor Geraldo diz que o ideal é plantar árvores do Cerrado. (Fotos: Simão Nogueira)
Árvore mutiladas na rua José Soares Dias, no bairro União. Árvore mutiladas na rua José Soares Dias, no bairro União.

Fazer poda radical ou remover uma árvore sem autorização é considerado crime ambiental. A multa vai de R$ 680 a R$ 5,2 mil e varia conforme a espécie. Apesar de a Capital ser arborizada, basta dar uma volta na cidade para ver a quantidade de árvores que foram mutiladas ou podadas sem nenhuma técnica.

Veja Mais
Assoreado, lago do Parque Sóter abriga até pneus e gera queixas
Ipê que foi cortado cresce e volta a impedir visão de painel na Via Parque

Em novembro do ano passado a poda radical de um ipê na avenida Mato Grosso gerou polêmica nas redes sociais. Internautas postaram fotos da árvore antes da poda, mostrando que os galhos atrapalhavam a visão do painel eletrônico e, depois, com o corte da árvore e equipamento à mostra. A repercussão foi tanta que a Prefeitura denunciou e, o caso foi parar na Polícia.

De acordo com a delegada da Decat (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Ambientais e Proteção aos Turistas), Rozeman Geise Rodrigues de Paula, a poda radical também pode render processo judicial. “Além da multa aplicada pela Prefeitura, a pessoa responde perante a justiça”, afirma.

Mas o que fazer com uma árvore que ameaça cair ou está atrapalhando a rede de energia elétrica? O professor de botânica da UFMS (Universidade Federal do Mato Grosso do Sul), Geraldo Alves Damasceno Júnior, explica que na maioria das vezes a árvore que sofre uma poda radical rebrota.

No entanto uma poda mal feita ou a mutilação da copa aumenta a chance de uma árvore cair e causar danos. Segundo o professor, a melhor época para fazer a poda, que deve ser realizada por uma empresa ou pessoa especializada, é em períodos mais secos, de maio a agosto. Já quem pretende remover uma árvore precisa ter autorização da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano).

Na rua da Pátria, árvores da espécie fícus foram mutiladas. Estas plantas não são recomendadas para serem utilizadas em arborização urbana. Na rua da Pátria, árvores da espécie fícus foram mutiladas. Estas plantas não são recomendadas para serem utilizadas em arborização urbana.
Dona Cleuza tem orgulho de mostrar a árvore ‘Dama da Noite’ que em 19 anos nunca precisou ser podada. Dona Cleuza tem orgulho de mostrar a árvore ‘Dama da Noite’ que em 19 anos nunca precisou ser podada.

“No período chuvoso a exposição do corte pode ser contaminado com fungos e bactérias resultando no apodrecimento da planta. O cupim aproveita o lenho previamente apodrecido pelos fungos para se alojar nas árvores”, explica.

Antes de plantar uma árvore, recomenda o professor, a pessoa deve escolher uma espécie baixa que podem ser plantada abaixo do fio elétrico e com poucas raízes para não danificar calçadas e nem muros.

Depois de 18 anos a aposentada Erailda Maria da Costa, 68 anos, teve que se desfazer de uma árvore da espécie fícus, que não é recomendada para ser utilizada na arborização urbana. A planta provoca estrago em calçadas e tubulações.

“Esta planta busca água onde tiver, não adianta colocar mureta para impedir que as raízes aumentem”, destaca o professor. O plantio desse tipo de espécie é recomendado somente em áreas isoladas, como jardins extensos e fazendas.

O ideal seria plantar árvore do Cerrado”, aconselha o professor. A pessoa pode optar por ipês, cedro, oiti ou mudas de árvores frutíferas como, por exemplo, acerola, pitanga e jaboticaba.

Sem poda – A lojista Cleuza Salvá Mosca, de 61 anos, tem orgulho de mostrar a árvore que fica em frente de casa. Segundo ela, a planta que se chama ‘Dama da Noite’ tem mais de 19 anos e nunca precisou ser podada. “Além de dar flores e sombra, ela não atrapalha a fiação elétrica", finaliza.

O telefone da Semadur para solicitar remoção de árvore que ameaça a cair ou está atrapalhando a rede de energia elétrica é 156. 




alguem me responda com certeza, quem paga a reparação de algum bem particular tipo carro,casa, quando uma arvore destas cai em cima ??, ja que está em area publica e nao lhe pertence.
 
silmar oliveira em 19/02/2013 18:45:09
Muitas árvores impedem a claridade das lâmpadas, colaborando assim, para os assaltos. Não adianta telefonar para ninguém! É um empurra empurra, isso quando atendem ao telefone. Existem fiscais na prefeitura? Quando eles trabalham? Os vereadores fazem o quê, além de receber uma grana alta?
 
nilza flores da rocha caruso em 19/02/2013 17:55:30
SEMADUR serve para que ? Ninguém atende o telefone. Sou do Rio de Janeiro, moro em Campo Grande desde 2007, já tentei por diversas vezes fazer denúncia de poda de arvores e incendios criminosos e NUNCA fui atendido.
 
Jardelino Pereira Caetano. em 19/02/2013 16:20:01
é mesmo?? e quem foi multado pela poda do Ipê da MTxVia Parque???
 
Alexandre Costa em 19/02/2013 16:12:33
Flamboyant? Primeiro que não é uma arvore do cerrado, segundo que sua raiz pode ser muito maior do que Ficus e destruir uma casa. Não foi uma boa indicação professor.
 
marcos vinicius gomes bastos em 19/02/2013 16:10:51
Se a cidade, que já bem arborizada, quer ser conhecida como a capital dos ipês, penso que o poder público deve ter um setor com pessoas alocadas especificamente para orientar o cidadão sobre procedimentos de plantio, poda e remoção em via pública, que realmente trabalhem com este objetivo. Se for a SEMADUR então que se faça um trabalho de divulgação à população para que essa interação ocorra. E que os serviços prestados sejam sem custos financeiros ao cidadão.
Aproveito para sugerir ao SEMADUR a criação de um programa para fomentar a cultura do plantio de árvores nos estacionamentos da Capital: shopings, hipermercados, condomínios, o próprio mercado municipal etc., tem tudo a ver com a Capital dos Ipês!!
 
James Soares Justiniano em 19/02/2013 14:52:27
Muito interessante a matéria, de suma importância para a população, principalmente para quem precisa fazer a remoção de uma árvore ou uma poda preventiva.
Seria importante que divulgassem o telefone do órgão responsável de fazer este serviço, pois tenho dificuldade em entrar em contato, apesar de ser demorado.
Se alguém souber do telefone divulguem, pois já entrei em contato com a prefeitura mas ninguém resolve.
Na hora de multar aparece muita gente pra te notificar.
 
Roger Amaral em 19/02/2013 11:29:53
O cedro não conheço, mas a Oiti tem raizes que invade até o encanamento, o flamboiant é enorme, se o cidadão retirar uma muda nativa do cerrado vai preso. O município deveria orientar e fornecer aos cidadãos espécies proprias a serem plantadas nas calçadas, orientar sobre a própria construção das calçaddas, área permeáveis, e o certo seria a município fazer essa poda, que tal usar esses desocupados que vive às custas do Estado para fazer esse trabalho. Mas porque abrir mão de uma multinha, afinal a ralo por onde escorre o dinheiro público é grande.
 
maria vieira em 19/02/2013 11:28:08
Bacana, 5 mil reais a multa.... Só que quando uma árvore caiu na casa dos meus pais com a última chuva e vendaval que teve, no bairro Jockey Clube, ninguém, nenhum orgão PUBLICO não foi lá ajudar meu pai a refazer o muro, consertar a cerca elétrica, padrão de luz teve que comprar uma nova e consertar a calçada, pois quando liga na prefeitura faz descaso!

E tem mais!!!!

Tem uma árvore a avenida das Primaveras no bairro JOckey Clube, desde o ano passado os moradores vem ligando para retirar a árvore que está velha e a qualquer momento pode cair em cima da casa, e ninguém faz nada! Orgão público cadê?
Aí se a gente paga para retirar vem a multa?

 
Cristiane Lima em 19/02/2013 11:09:59
na hora multar o dono essa prefeitura sabe e é rápido, quando ligam e reclamam de uma árvore q esta prestes a cair e danificar carro, casa, etc., nem atendem, pode esquecer, por isso digo, quando acontecer um fato desses, processe a prefeitura, pois só dessa maneira é que devem melhorar o atendimento da opulação de campo grande,.
 
israel de freitas em 19/02/2013 11:09:53
Podei a arvore lá de casa por conta própria, pedi autorização para prefeitura, para a enersul... e nada.... e enquanto isso minha calçada sendo destruída, minha cerca elétrica sendo estragada sem contar toda a sujeira das folhas que juntavam mosquitos e formigas, enfim é um abuso querer multar o cidadão por isso é preciso bom senso, infelizmente a atual administração não o tem.
 
Augusto Asai em 19/02/2013 11:00:53
queria saber se por ex. uma arvore antiga caia em cima de sua casa quem vai bancar o prejuizo
 
claudemir andrade em 19/02/2013 10:55:02
Sibipiruna entope calhas racha as calçadas e tem uma rua na vila Planalto inteira infestada de cupins. A turma das secretarias de governo já sabem não tomam providencias já caiu árvores não são cuidadas e nem detetizadas. Sabe é por que não estão localizadas na Avenida Afonso Pena se fosse assim estariam bem cuidadas. Abre olho população.
 
Cleiton Silva em 19/02/2013 10:45:23
Muito boa a matéria, porém deveria ter o contato na Semadur e o procedimento a ser seguido pra quem precisa remover uma árvore, em minha casa tem uma árvore que está causando preocupação, pois está com cupim e tememos que ela caia a qualquer momento...
 
Carla Oliveira em 19/02/2013 10:33:36
Aqui no meu condominio o antigo sindico, tinha plantado mais de 20 arvores na calçada e do lado de dentro....mas o atual sindico mandou cortar todas, estavam com mais de 1,50 m cada...entramos na justiça e ate agora desde setembro do ano passado, não tivemos respostas...estamos no aguardo, tomara que a justiça seja feita nesse caso, pq ele arrancou e jogou do outro lado da rua...ficou aquele monte de arvores cortadas.
 
Milena maria em 19/02/2013 10:30:21
Quero saber a conclusão do inquérito que investiga a poda no Ypê na rotatória da Av. Mato Grosso?
A policia conseguiu?
 
Márcio Santos em 19/02/2013 10:19:35
c vc for esperar a semadur autorizar, é possivel q eles cheguem e a árvore já morreu de velha !
 
joldmar silva em 19/02/2013 10:19:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions