A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

13/12/2014 11:00

Polícia Ambiental monta museu educativo com animais empalhados

Ricardo Campos Jr.
Animais usados no curso foram recolhidos após atropelamentos, caça ou mortos no Cras. (Foto: divulgação/PMA)Animais usados no curso foram recolhidos após atropelamentos, caça ou mortos no Cras. (Foto: divulgação/PMA)

Após a conclusão de um curso de taxidermia, a subunidade da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Naviraí, a 366 km de Campo Grande, ganhou um museu de educação ambiental que conta com 70 animais empalhados para exposição.

Veja Mais
Tempestade e fortes ventos devem atingir MS nesta quarta, alerta instituto
Durante a chuva de terça-feira, 69 mil raios atingiram Mato Grosso do Sul

De acordo com a corporação, tratam-se de bichos recolhidos atropelados em rodovias, mortos durante atividades de caça ou que morreram no Centro de Reabilitação de Animais Silvestres, reaproveitados na capacitação dos militares.

Participaram da formação policiais do estado e também Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Santa Catarina, Goiás, Mato Grosso, Tocantins e Maranhão.

Esses museus da PMA servem principalmente para criar um atrativo a crianças e jovens no intuito de promover a discussão sobre os crimes ambientais a partir dos motivos que levaram esses animais a serem mortos.

Com a conclusão do curso, museu ganhou 70 unidades de animais empalhados (Foto: divulgação/PMA)Com a conclusão do curso, museu ganhou 70 unidades de animais empalhados (Foto: divulgação/PMA)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions