A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

22/02/2011 19:06

População da Capital sofre com ataques de marimbondos

Viviane Oliveira

Só hoje foram registradas seis ocorrências

Bombeiros removemdo caixa de marimbondo de árvore. (Foto João Garrigó)Bombeiros removemdo caixa de marimbondo de árvore. (Foto João Garrigó)

Um enxame de marimbondos atacou hoje (22) por volta do meio-dia três pessoas no CEI (Centro de Especialidade Infantil) na rua Apiacas no bairro Vila Rica, em Campo Grande. De acordo com a gerente, Sandra Angélica, a caixa de marimbondo fica em um árvore em frente ao prédio. Segundo o Corpo de Bombeiros, só hoje na Capital foram registradas seis ocorrências por conta de enxames de marimbondos em regiões distintas.

Os insetos também invadiram a casa da aposentada Maria Yoshimura, 61 anos, na Vila Carlota. Ela se assustou quando deu conta que em sua casa tinha três caixas de marimbondos.

No pé de bananeira que fica nos fundos da casa de Maria tem duas caixas e uma na frente da residência. “Eu chamei os bombeiros para tirar antes que os marimbondos ataque alguém”, disse à aposentada que tem medo de ir para o fundo da casa, por causa dos insetos.

Mais cedo, por volta das 10h, os bombeiros tiveram de socorrer comércio na região norte, também porque os marimbondos atacavam os clientes que passavam pela rua.

Segundo o Corpo de Bombeiros, fatores como o calor e a florada influenciam para o surgimento de enxames itinerantes e aumento do número de insetos nas colméias.

Caso perceba a formação de um enxame tanto marimbondos quanto de abelhas, a população deve chamar o Corpo de Bombeiros pelo telefone 193.

Caixa de marimbondo no pé de bananeira. (Foto: João Garrigó)Caixa de marimbondo no pé de bananeira. (Foto: João Garrigó)

Cuidados - Evite movimentos bruscos e excessivos quando próximo a colméias; Não grite, pois os marimbondos são atraídos por ruídos, principalmente os agudos.

Evite operar qualquer máquina barulhenta próximo a colméias; Examine a área de trabalho antes de usar equipamentos motorizados; Ensine as crianças tomarem cuidados com os marimbondos e abelhas; Pergunte ao seu médico sobre o que fazer caso você seja alérgico a picadas;

Ao ficar diante de um enxame de marimbondos ou de abelhas, a pessoa deve correr em zigue-zague, pois os insetos deslocam-se juntos em linha reta; Se for atacado, proteja das picadas o pescoço e o rosto, com a ajuda de uma camisa ou outra vestimenta.

Pessoas alérgicas a picada de insetos devem evitar caminhadas em áreas de mata. Para quem é sensível apenas uma picada pode ser suficiente para gerar um choque anafilático.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions