A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

31/01/2011 21:32

Prefeito de Aquidauana cogita fenômeno natural em mortandade de peixes

João Humberto e Danúbia Burema
Fauzi Suleiman desconsidera que mortandade esteja ligada a queimadas. (Foto: João Garrigó).Fauzi Suleiman desconsidera que mortandade esteja ligada a queimadas. (Foto: João Garrigó).

Questionado a respeito da morte de milhares de peixes no Rio Negro, em Aquidauana (cidade distante 135 km de Campo Grande), o prefeito Fauzi Suleiman (PMDB) cogita a possibilidade de fenômeno natural. Segundo ele, o fato é curioso, afinal, nunca peixes foram encontrados mortos aos montes naquele rio.

Fauzi diz que a prefeitura está aguardando algum parecer da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, que coletou amostras da água do rio para análise. “É muito estranho, pois aquela região é bastante preservada”.

Também foi cogitada a possibilidade de a morte do cardume estar relacionada a queimadas na região, mas Fauzi assegura que nessa época do ano elas não são registradas. É que houve a cogitação, pois as cinzas provenientes dos incêndios florestais poderiam ser levados até o rio.

De acordo com informações da PMA (Polícia Militar Ambiental) existe a suspeita de que a “dequada” tenha matado os peixes. Esse fenômeno ocorre quando há diminuição do oxigênio da água ocasionado por um aumento de material orgânico. Esse processo na maioria das vezes acontece por causas naturais, como as cheias, que matam e carregam galhos, plantas e outros que entram em decomposição, envolvendo microorganismos que utilizam o oxigênio.

“A situação é muito inusitada, porém acredito que tenha a ver com fenômeno natural, mesmo não tendo acontecido em outras ocasiões”, acrescenta Fauzi, detalhando que a mortandade também não está relacionada a práticas predatórias de pessoas que moram na região.

“Os fazendeiros da região tem plena consciência ambiental. Não acredito que seja uma ação praticada por eles”, reiterou.

Posse - Fauzi Suleiman participa da solenidade de posse do prefeito de Chapadão do Sul, Jocelito Kurg (PMDB), que assume a presidência da Assomasul (Associação de Municípios de Mato Grosso do Sul). O evento acontece no Yotedy, em Campo Grande.




É possível mesmo que seja apenas um (triste) fenômeno natural. Contudo, essa constatação seria certamente conveniente para muitas pessoas. Portanto é necessário investigar o caso com rigor e vontade política.
 
Eduardo Figueiredo em 01/02/2011 03:04:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions