A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

25/02/2016 13:02

Programa Estadual quer atrair indústrias que façam MS neutralizar emissão de gás

Caroline Maldonado
Unidade da Bunge em Ponta Porã é referência em práticas sustentáveis (Foto: Divulgação/Semade)Unidade da Bunge em Ponta Porã é referência em práticas sustentáveis (Foto: Divulgação/Semade)

O Governo do Estado criou um grupo de trabalho apenas para discutir mudanças climáticas e biodiversidade. Os técnicos de diversos órgãos devem ajudar na elaboração de ações do Proclima (Programa Estadual de Mudanças Climáticas) coordenado pela Semade (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico).

Veja Mais
No primeiro mês de piracema, PMA registra aumento de 100% nas apreensões
Segunda-feira de tempo claro e com possibilidades de chuvas à tarde, em MS

A ideia é tornar Mato Grosso do Sul o primeiro Estado do país com “Carbono Zero”, ou seja, que abrigue somente indústrias que neutralizam a emissão de gases de efeito estufa. O governo quer atrair empresas com boas práticas sustentáveis e incentivar os empreendimentos já instalados a adotar um novo sistema.

São indústrias que vão nos trazer diversificação, desenvolvimento e crescimento econômico sem agredir o meio ambiente, segundo o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Verruck.

“Essa será uma grande contribuição e exemplo que daremos ao país para ajudar a atingir as metas firmadas na Conferência Mundial do Clima. Não podemos pensar mais em política de desenvolvimento sem a adoção de práticas sustentáveis de produção e é esse o modelo de industrialização que estamos implantando no nosso Estado”, comenta o secretário.

O grupo de trabalho tem integrantes do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e outros órgãos do governo estadual como a Sepaf (Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar), Sectei (Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação), Defesa Civil e Cemtec (Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul).

Um dos empreendimentos considerados referência em boas práticas sustentáveis no Estado, segundo o secretário, é a Bünge Alimentos S/A. Maior exportadora do agronegócio do país, a empresa tem duas plantas industriais em Mato Grosso do Sul. Uma unidade de processamento de soja está em Dourados e uma usina de cana-de-açúcar em Ponta Porã. Em 2015, a Bünge foi eleita a empresa mais sustentável do ano pelo Guia Exame de Sustentabilidade.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions