A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

07/02/2014 19:46

Programa Sanear Morena 2 é concluído; investimentos atingiram R$ 57 milhões

Bruno Chaves
Estação de Tratamento de Esgoto do Imbirussu (Foto: Divulgação/Assessoria)Estação de Tratamento de Esgoto do Imbirussu (Foto: Divulgação/Assessoria)

O Programa Sanear Morena 2, da concessionária Águas Guariroba, que ampliou o sistema de coleta e tratamento de esgoto na região urbana do Imbirussu, foi concluído na Capital. Ao todo, R$ 57 milhões foram investidos entre 2010 e 2013.

Veja Mais
Tempestade e fortes ventos devem atingir MS nesta quarta, alerta instituto
Durante a chuva de terça-feira, 69 mil raios atingiram Mato Grosso do Sul

Segundo a assessoria de imprensa da concessionária de abastecimento, as obras contemplaram a implantação de 14.461,06 metros de rede coletora, 15.033 novas ligações domiciliares e uma nova estação de tratamento de esgoto. A estimativa é que mais de 48 mil moradores de 33 bairros da Capital tenham sido beneficiados com o serviço de saneamento básico.

Com a conclusão do programa, 73% da população de Campo Grande têm acesso ao esgotamento sanitário. O resultado ultrapassa a meta estabelecida no lançamento do programa, quando o previsto era elevar o índice a 70%.

Bairros populosos como o Santo Amaro, Zé Pereira, Santo Antônio, Jardim Imá, Jardim Panamá e Santa Carmélia, além de toda a extensão da Avenida Júlio de Castilho, foram beneficiados com o Sanear Morena 2.

Esgotamento – Ainda conforme a Águas, todo o esgoto coletado pela concessionária é tratado antes de ser lançado aos córregos. A iniciativa contribui para a conservação do meio ambiente e para a qualidade de vida das pessoas.

Com o objetivo de atender os bairros contemplados no Sanear Morena 2, foi construída uma nova estação de tratamento com capacidade inicial para receber 10 milhões de litros de esgoto por dia – a ETE Imbirussu, localizada no Polo Empresarial Oeste, saída para Aquidauana.

A estação foi inaugurada em 2013 e já é uma das mais modernas do Brasil. Compacta e eficiente, a estação possibilitou a desativação de duas unidades antigas, a ETE Coophatrabalho e a ETE Sayonara.

Futuro – A Águas Guariroba prevê mais R$ 636 milhões em investimentos para universalizar o acesso ao saneamento básico para toda Campo Grande até 2025. Para isso, é necessário fazer a ampliação da maior estação de tratamento de esgoto da cidade, a ETE Los Angeles, em 25% de sua capacidade. As obras já estão em andamento.

Sanear Morena 3 – A concessionária de águas da Capital pretende implantar dois milhões de metros de rede de esgoto por meio do Programa Sanear Morena 3, além de instalar 45 mil metros de interceptores, 126 mil novas ligações domiciliares e construir uma nova estação de tratamento de esgoto e ampliação das duas já existentes – a ETE Los Angeles e a ETE Imbirussu.

Com a terceira etapa do programa, cerca de 240 mil moradores de 418 bairros deverão ser contemplados. Com esses investimentos, Campo Grande deverá ser uma das primeiras capitais brasileiras com 100% de esgoto coletado e tratado.Esse status permite mais saúde e qualidade de vida para as pessoas.

“Na primeira fase do Sanear Morena, de 2006 a 2008, investimos R$ 198 milhões para duplicar o acesso à rede de esgoto. Só neste período, foi comprovada a redução de 34% nos casos de doenças relacionadas à falta de saneamento”, destaca o presidente da Águas Guariroba, José João Fonseca.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions