A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

02/07/2014 13:07

Projeto institui área de proteção ambiental em nascentes de rios de MS

Leonardo Rocha
 Paulo Corrêa afirma que projeto tem o objetivo de proteger rios e evitar assoreamento (Foto: Divulgação) Paulo Corrêa afirma que projeto tem o objetivo de proteger rios e evitar assoreamento (Foto: Divulgação)

O projeto de autoria do deputado Paulo Corrêa (PR), apresentado hoje (02), em sessão na Assembleia, instituti área de proteção ambiental nas nascentes de alguns rios do Estado, entre eles o Prata, Formoso, Peixe, Arquiban e afluentes. Com esta mudanças não se pode realizar qualquer atividade econômica ou ocupação humana em um raio de 150 metros, a contar pela borda das nascentes, com exceção das atividades de ecoturismo.

Veja Mais
Calor passa dos 40°C e cidade de MS volta a ser a mais quente do país
Início de semana com previsão de chuvas e máxima de 34ºC no Estado

O deputado ressaltou que com este projeto fica proibido o uso direto das águas destas microbacias para consumo animal. “Temos que proteger estas áreas, já que são as nascentes, se deixarmos a vontade o resultado é o assoreamento dos rios, que prejudicam até as atividades de ecoturismo do Estado”, apontou ele.

A proposta sugere inclusive que os proprietários de animais instalem bebedouros apropriados em suas propriedades, para evitar que eles possam ir até as nascentes. Também está vedado a extração de água mediante bombeamento, desvios os barragens nestes rios. Em casos de captação (água) para abastecimento público, somente será permitido após comprovação, com estudos técnicos específicos para esta ação.

Segundo o autor, este projeto surgiu da reivindicação de pessoas desta região, ele citou a cidade de Bonito, que tem uma forte indústria de turismo, que mantém a sua economia. “Temos que buscar o cuidado e a conservação destes locais, tive o apoio dos colegas (deputados) nesta tarefa”, ressaltou Corrêa.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions