A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

06/10/2014 17:57

Promotora pede esclarecimentos sobre contaminação de águas de poços artesianos

Priscilla Peres

O MPE/MS (Ministério Público Estadual) abriu um inquérito civil para apurar a contaminação de águas subterrâneas provenientes de poços artesianos instalados em Campo Grande. Uma cópia foi encaminhada para conhecimento do CMMA (Conselho Municipal de Meio Ambiente).

Veja Mais
Temporal com chuva de 30 milímetros e vento forte alaga ruas de Dourados
Corpo de bombeiros trabalha em alerta para chuva e novos estragos

No dia 16 de setembro, a promotora de Justiça, Andréia Cristina Peres da Silva, enviou para o presidente do CMMS, Ramão Edison Fagundes Jardim, um ofício com informações e questionamentos para instruir sobre o inquérito civil.

Nele pede que sejam encaminhadas informações, no prazo de 30 dias, sobre vários assuntos como a criação do plano anual do CCMA, os procedimentos de licença prévia, as câmaras técnicas, a participação do Conselho no Fundo Municipal de Meio Ambiente.

Além disso, o MPE/MS questiona se o CCMA dispõe de estudos técnicos sobre a quantidade e a qualidade dos lençóis freáticos e aquíferos existentes em Campo Grande e seu sistema de recarga. Pergunta também sobre o uso sustentável dos recursos hídricos e a Lei de Saneamento.

Ainda no ofício, a promotora informa que assim que que o CMMA responder aos questionamentos será feito uma reunião com a 26º e a 34º Promotorias de Justiça e com os membros do CMMA.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions