A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

20/07/2012 22:20

Reincidente, homem que praticava pesca ilegal é multado em R$ 30 mil

Nyelder Rodrigues
No acampamento, os pescadores deixaram para trás vários equipamentos proibidos, como redes (Foto: Divulgação)No acampamento, os pescadores deixaram para trás vários equipamentos proibidos, como redes (Foto: Divulgação)

Um dos pescadores que fugiram ao serem flagrados pela Polícia Militar Ambiental (PMA) de Corumbá na terça-feira (17), praticando pesca de maneira ilegal no rio Negrinho, foi identificado e autuado pela PMA. Reincidente, ele foi multado em 30 mil.

Veja Mais
Fim de semana em MS terá tempo instável com possibilidade de chuva
Quatro cidades de MS estão entre as 100 que mais desmatam florestas

O pescador, que é profissional e tem 59 anos, estava em um acampamento às margens do rio, na confluência com os rios Taquari e Paraguai-mirim, a 130 km de Corumbá. Ele, junto com os outros pescadores, fugiu do local ao perceber a chegada da fiscalização.

No local, foram deixados vários materiais proibidos para a pesca, que de acordo com a PMA, se utilizados tinham capacidade de dizimar cardumes rapidamente. O pescador identificado reside em Ladário, e já havia sido autuado em outras três vezes por pesca predatória.

Diante da reincidência em crimes da mesma natureza, os policiais ambientais efetuaram um auto de infração e aplicaram multa de R$ 30 mil. Ele também responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de um a três anos de detenção.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions