A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

03/05/2012 10:24

Só ontem, PMA multou dois fazendeiros, em R$ 14 mil, por desmatamento

Viviane Oliveira
Exploração de madeira, em Aquidauana, sem autorização ambiental. (Foto: divulgação)Exploração de madeira, em Aquidauana, sem autorização ambiental. (Foto: divulgação)

Só ontem, a PMA (Polícia Militar Ambiental) multou dois fazendeiros em R$ 14, por desmatamento ilegal.

Veja Mais
Temporal com chuva de 30 milímetros e vento forte alaga ruas de Dourados
Corpo de bombeiros trabalha em alerta para chuva e novos estragos

O primeiro deles, de 63 anos, foi em R$ 6 mil pela derrubada de 20 árvores para exploração de madeira sem autorização ambiental na fazenda Maracanã, em Inocência, cidade distante 339 quilômetros de Campo Grande.

O proprietário foi autuado administrativamente e multado por explorar madeira sem autorização.

No mesmo dia em Aquidauana, também um fazendeiro foi autuado em R$ 8 mil por desmatamento.

Os policiais encontraram na Fazenda São Mateus, uma área desmatada de 6,5 hectares. No momento da fiscalização, os policiais verificaram que dois tratores de esteiras realizavam o desmatamento.

Nos dois casos os fazendeiros responderão por crime ambiental. Se condenados, poderão pegar pena de seis meses a um ano de detenção.

Operação Dia do Trabalhador - Durante a operação Dia do Trabalhador que começou no dia 27 de abril e encerrou às 8 horas de ontem (2), a PMA autuou 23 pessoas e aplicou R$ 1,59 milhão em multa.

Ao todo foram 17 pessoas presas, sendo 13 por pesca predatória, destes dois pescadores, além de peixe ilegal, também praticaram caça de animal silvestre.

Foram 23 autuações administrativas ambientais, sendo 13 por pesca predatória, quatro por pesca sem licença, duas por desmatamento e quatro por exploração ilegal de madeira.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions