A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

07/12/2012 18:09

Tamanduá é encontrado morto na rodovia BR-163

Paula Maciulevicius
Animal foi atropelado quando atravessava BR-163. (Foto: Luciano Muta)Animal foi atropelado quando atravessava BR-163. (Foto: Luciano Muta)

Na manhã desta sexta-feira, enquanto o Campo Grande News registrava o acidente entre uma carreta e um Gol, na BR-163, ainda na Capital, uma cena também chamou a atenção. Além do acidente, na pista estava um Tamanduá morto, depois de ser atropelado.

Veja Mais
Sábado começa chuvoso na Capital, e máxima em MS será de 33º C
Fim de semana em MS terá tempo instável com possibilidade de chuva

O animal na pista é o resultado da soma: alta velocidade com a falta de atenção de motoristas. Cena triste de se ver.

O major da PMA (Polícia Militar Ambiental), Edmilson Queiroz, atribui, além da imprudência, os atropelamentos às propriedades ainda dentro do perímetro urbano que vão sendo desmatadas e os animais acabam por parar em áreas de movimento, em busca de comida.

“A principal é a velocidade e a falta de atenção dos motoristas. No perímetro urbano o índice de atropelamento é grande por ter muitos animais”, completa o major.

O trabalho de campanha de conscientização dos motoristas e placas como as que existem no Parque dos Poderes, por exemplo, acabam por influenciar na diminuição da velocidade.

“As placas prendem atenção, no Parque dos Poderes, quem está adentrando a cidade, mesmo sendo de fora, vai saber que tem animais ali”, finaliza.




As placas de advertência aos motoristas, sobre a presença de animais silvestres será importante nas rodovias como o anel rodoviário.
 
Luciano SIlgueiro em 07/12/2012 19:46:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions