A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

01/10/2013 15:55

Tronco que abrigava araras tinha filhote no ninho, mas estava velho

Mariana Lopes
Filhote de arara que estava no tronco de buriti que caiu (Foto: Projeto Aves Urbanas-Araras na Cidade)Filhote de arara que estava no tronco de buriti que caiu (Foto: Projeto Aves Urbanas-Araras na Cidade)
Filhote no ninho pouco antes do acidente (Foto: Projeto Aves Urbanas-Araras na Cidade)Filhote no ninho pouco antes do acidente (Foto: Projeto Aves Urbanas-Araras na Cidade)

O tronco de um buriti, que abrigava um casal de araras Canindé, localizado na avenida Silveira Gomes, próximo ao residencial Dahma, em Campo Grande, e que caiu na semana passada, tinha um ninho com filhote e caiu porque era em um tronco antigo e estava em uma área alagada, o que acelerou a decomposição da árvore, segundo o Projeto Aves Urbanas-Araras na Cidade.

Veja Mais
Casal de araras perde a “casa" e comove visitantes de reserva
Jiboia de 1,5 metro é encontrada dentro de armário no Monte Líbano

O fato, que foi noticiado no Campo Grande News, em matéria publicada no domingo, chamou a atenção de pessoas que moram na região e passam pelo local diariamente. Algumas pessoas chegaram a levantar a hipótese de que teriam derrubado o tronco para pegar os filhotes.

O que aconteceu, de acordo com a explicação da equipe projeto, na terça-feira da semana passada, dia 24, por volta das 14h30, o ninho estava sendo monitorado por uma bióloga quando a árvore tombou.

Ainda segundo informações da equipe de biólogos do Projeto Aves Urbanas-Araras na Cidade, o ninho estava com um filhote recém nascido, que com a queda apresentou leves hematomas, mas sobreviveu. Porém, por causa do frio e como a ave tinha poucos dias de vida, a equipe resolveu deixá-lo em outro ninho próximo ao local, onde havia dois filhotes com idades próximas.

Para verificar a aceitação do filhote pelo outro casal de araras, uma integrante do projeto permaneceu no local em observação por mais de uma hora e, no dia seguinte, a equipe voltou ao ninho e verificou que o filhote havia sobrevivido, conforme esclareceu a equipe do Aves Urbanas-Araras na Cidade.

Segundo os biólogos, a equipe até pensou em improvisar um ninho artificial e instalá-lo próximo ao local do tronco que caiu, mas, conforme explicam, “o filhote não era grande o suficiente para vocalizar (gritar) e atrair os pais”, por isso, desistiram dessa ideia.

Conforme informações da equipe de biólogos do projeto, o ninho estava sendo monitorado há três anos e, além do casal de araras que estava no tronco, outras espécies também ocuparam esta mesma “casa”.

Os monitoramentos do projeto são realizados semanalmente de julho a dezembro, período que compreende a estação reprodutiva da espécie em Campo Grande. Atualmente, são acompanhados mais de 30 ninhos cadastrados pela equipe na cidade.




Bom dia a todos que leram as duas matérias e sentiram-se solidarizados!
Trabalho no Instituto Arara Azul, responsável por este projeto (Aves urbanas) e outros na área de preservação e pesquisa. Gostaria de convidar a todos que buscam mais informações a respeito de nossos trabalhos e até mesmo sobre este caso, que acompanhem nossa fan page do facebook https://www.facebook.com/ProjetoAraraAzul. Mandem informações sobre novos ninhos, locais aonde as araras estão sendo vistas. Colaborem com nosso trabalho! As informações passadas pela população é de grande utilidade.
 
Eveline Guedes em 04/10/2013 09:30:35
O que me deixa feliz é saber que o filhote esta bem, mas triste por saber que o casal de araras estao sem seu filhote. Esse projeto pode ser bom, mas será melhor se pensarem em um jeito de preservar os ninhos, uma idéia seria o mesmo que cultivam a arvore centenária. Pois as Araras, os Tucanos, Os pássaros em geral enfeitam os Céus de nossa cidade, com um colorido lindo por onde passam, atraindo os olhares e sorrisos, e dando alegria ao Campo-Grandense. Vamos preservar a natureza...
 
Katiane Escobar em 02/10/2013 11:10:53
PARABÉNS AOS BIÓLOGOS PELO LINDO PROJETO. DIVULGUEM SEMPRE SUAS AÇÕES.
 
josé silva em 02/10/2013 09:36:30
Ufat! Nem tudo está perdido!
 
JESSICA MACHADO em 02/10/2013 09:14:04
Parabéns ao Campo Grande News pela iniciativa de publicar a matéria para esclarecer o que de fato ocorreu e à equipe do Aves Urbanas pelo belíssimo trabalho. Realmente desconhecia o projeto e é muito reconfortante saber que o ninho não foi derrubado por predadores e os filhotes estão bem.
 
Thaisa Lopes em 02/10/2013 09:04:05
FIQUEI FELIZ EM SABER QUE O FILHOTE ESTA BEM E SOBREVIVEU
FICO MAIS FELIZ AINDA EM SABER QUE TEM PESSOAS QUE TEM
SENTIMENTOS PELOS ANIMAIS, AVES, ETC,,,
PARABENS AOS QUE CUIDARAO DESSAS AVES
QUE SAO DE UMA TAMANHA BELEZA,,,
 
ROSALINA MAURICIO BENITES em 01/10/2013 23:38:25
É lindo o trabalho realizado por este projeto. Sou fã deles. parabéns!
 
Sandra Soares em 01/10/2013 22:30:56
PARABÉNS A ESSE PROJETO, ALÉM DE ESCLARECER O QUE DE FATO OCORREU, PRINCIPALMENTE (O QUE É SEU OBJETO) SALVOU A VIDA DE UMA AVE - REPITO - PARABÉNS A TODOS OS PARTICIPANTES
 
LUIZ PAZ em 01/10/2013 22:04:21
E as araras que viviam nos coqueiros, em frente a empresa Concrelaje, no anel rodoviário, haja vista que, as árvores foram cortadas...
 
Luciano Silgueiros em 01/10/2013 20:44:44
que deus abençoe estas pessoas que cuidam dos pássaros e dos animais.
 
valmir soares machado em 01/10/2013 18:12:38
Parabens aos biologos pelo trabalho de preservação , a vida seja qual for deve ser preservada e respeitada.
 
erica wolfring em 01/10/2013 17:53:01
Conheço o trabalho do Projeto Arara Azul é um trabalho formidável e impecável, conhecido no mundo inteiro... o que aconteceu foi uma fatalidade. Com o profissionalismo de sempre, conseguiram remanejar o filhote em outro Buriti.
 
Marcelo Cintra em 01/10/2013 17:47:11
Nada como a pesquisa científica para esclarecer os fatos! Parabéns à competente equipe do magnífico projeto que nos garante esse atrativo natural tão belo que é a presença de araras na área urbana e que está virando marca registrada de Campo Grande!
 
Fabio Pellegrini em 01/10/2013 16:58:45
Então, o pessoal do projeto que está monitorando o ninho há 3 anos, não perceberam que o toco ia cair? Será que ele não caiu por apoiarem escada para ver se havia filhote? Tem que ver isso direito, é bonito ter um projeto que protege as araras e outras aves, acho muito válido, mas o cuidado tem que existir sempre.
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 01/10/2013 16:43:05
PARABÉNS PELO TRABALHO DESSES ANJOS URBANOS
 
maisa de almeida em 01/10/2013 16:30:48
Que alivio! Quando li a primeira matéria, fiquei desolada em imaginar que alguém fosse capaz de destruir a "casa" para roubar os filhotes. Que bom que existe esse Projeto para protegê-las e o filhote está à salvo.
 
cida guerra em 01/10/2013 16:26:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions