A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

21/09/2011 10:12

Turistas paulistas são presos por pesca predatória em Aquidauana

Edmir Conceição

Policiais Militares Ambientais de Aquidauana, em operação de fiscalização, iniciada no sábado e concluída hoje pela manhã, prenderam 04 pescadores paulistas por pesca irregular. Os turistas, residentes em Matão (SP) haviam capturado pescado em tamanho inferior ao permitido pela legislação. Com eles foram apreendido 29 quilos de pescados das espécies pacu, piraputanga e piau, sendo vários em tamanhos abaixo do permitido.

Por tratar-se de crime ambiental, foi dada voz de prisão aos autuados, que foram conduzidos à delegacia de polícia civil de Aquidauana, onde eles foram autuados em flagrante por crime de pesca predatória e saíram após pagamento de fiança. Os pescadores responderão em liberdade e poderão pegar pena de 01 a 03 anos de detenção. A PMA também multou administrativamente cada autuado em R$ 1.280,00.

A prisão ocorreu na tarde de segunda feira (19) e os policiais ainda recolheram do rio durante a missão, 210 anzóis de galho e 16 cordas de espinhel com 190 anzóis de engate (petrechos proibidos) e 02 redes de pesca que estavam armadas no rio. A retirada destes petrechos é fundamental para a prevenção de degradação dos estoques pesqueiros.




Percebo eu que o problema e humano mesmo, nao tem essa de paulista, estive ai e vi pessoas que moram as margens do rio com tarrafas e outros petrechos proibidos. Acho que alem de punir teria que ser feita campanhas de concientizaçao as margens do rio, essa seria a melhor funçao da policia ambiental. Reprimir mas com foco maior em INSTRUIR.
 
aeliton blecha vidal em 04/10/2011 09:41:52
é isso policia militar ambiental, esse pessoal vem de fora para acabar com o pouco de peixes que já resta em nossos rios, multa neles.
 
jose carlos em 21/09/2011 10:37:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions