A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

04/11/2016 14:59

'Coincidência', diz pastor que aparece em foto com envolvidos em polêmica

Ricardo Campos Jr.
Pastor José Ricardo Ifran, que aparece em foto com envolvidos em gravação polêmica (Foto: Marcos Ermínio)Pastor José Ricardo Ifran, que aparece em foto com envolvidos em gravação polêmica (Foto: Marcos Ermínio)

Foto publicada em matéria sobre a polêmica envolvendo os deputados estaduais Paulo Corrêa (PR) e Felipe Orro (PSDB) provocou situação constrangedora ao pastor José Ricardo Ifran, presidente da ADMA (Assembleia de Deus Ministério Avivamento) em Maracaju. Na imagem, ele aparece ao lado de Orro e do pastor Jairo Fernandes.

Veja Mais
“Quero ver este pastor bem longe”, diz prefeito que teve conversa gravada
Mochi não descarta comissão de ética, mas rejeita condenação antecipada

O primeiro, flagrado recebendo o que seriam dicas de como fraudar folha de ponto de funcionários. O segundo, dono do celular que gravou a conversa.

Embora o nome de Ifran não tenha sido citado em momento algum no texto, na versão contada em entrevista ao Campo Grande News nesta sexta-feira (4) ele diz que várias pessoas passaram a relacioná-lo ao caso por ter aparecido junto com os envolvidos.

A imagem em que Ifran aparece foi repassada por Fernandes para confirma que Orro o conhecia, ao contrário do que o parlamentar havia dito em entrevistas. No entanto, o pastor garante que a presença do colega na reunião foi apenas coincidência.

O pastor viajou até a Capital no intuito de esclarecer a cena, segundo ele, feita há um ano. Ifran conta que tinha reunião agendada com Orro naquele dia. Jairo Fernandes, que até então não conhecia o parlamentar, pediu para acompanhá-lo para divulgar um evento que estava organizando.

A conversa polêmica foi gravada tempos depois e, segundo Ifran, já havia circulado em Maracaju antes de ganhar repercussão estadual nesta semana. Ele revela que Jairo lhe ofereceu o áudio para  chantagear Orro.

“Ele [Jairo] disse: 'pega esse áudio, se você quiser levar para o deputado e negocia'”, afirmou ao Campo Grande NewsIfran garante que além de não aceitar, recomendou ao colega que não levasse a chantagem adiante.

O pastor da ADMA confirma que Jairo Fernandes tem costume de gravar conversas por meio de aplicativo no celular, tanto que recentemente outro áudio feito por ele flagrou o atual prefeito Maurílio Ferreira(PMDB), supostamente falando a respeito de propinas.

Maurílio, que foi reeleito este ano no município, chegou a ser denunciado na Justiça Eleitoral em razão do áudio.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions