A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

18/11/2016 18:37

CPI espera resultado de perícia em frascos de vacina para concluir relatório

Investigação estava no fim, mas análise foi encomendada para acabar com dúvida sobre quantas doses cada ampola rende

Anahi Zurutuza
Oitiva do secretário municipal de saúde, Ivandro Fonseca (no microfone), no dia 11 deste mês (Foto: Anahi Zurutuza/Arquivo)Oitiva do secretário municipal de saúde, Ivandro Fonseca (no microfone), no dia 11 deste mês (Foto: Anahi Zurutuza/Arquivo)

O resultado de uma perícia feita nas ampolas da vacina usada para imunizar moradores de Campo Grande contra a gripe neste ano é o que falta para que a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Câmara instaurada para investigar o sumiço de doses na Capital seja concluída. O relatório deve ser entregue à mesa diretora na segunda-feira (21), último dia de prazo.

Veja Mais
Relatório da CPI da Vacina deve ser apresentado hoje
Secretário nega sumiço de doses e apresenta resultado de sindicância

De acordo com Pedro Viegas, um dos integrantes da equipe de apoio aos parlamentares que formam a CPI, explica que o exame já foi feito e o resultado enviado para a Capital, mas os Correios ainda não entregaram.

A perícia foi pedida depois que o secretário municipal de saúde, Ivandro Correa Fonseca, prestou depoimento na semana passada afirmando que não houve sumiço de doses, mas que algumas ampolas rendem mais e outras menos.

Cada frasco do imunizante fabricado pelo Instituto Butantan tem de render dez doses. Também ao depor para os vereadores da CPI, Marcelo de Franco, pesquisador e vice-presidente do Instituto Butantan, garantiu que de cada ampola dá para extrair até 11 doses.

O secretário, entretanto, entregou um vídeo onde um técnico consegue retirar apenas nove doses de 0,5 ml do frasco. “Encaminhamos para a perícia por causa desta divergência”, explica Viegas.

A análise foi feita em laboratório de São Paulo indicado pelo Butantan.

A CPI é composta pelos vereadores, Marcos Alex, o Alex do PT (presidente), Livio Leite (PSDB), o Dr. Livio (relator), Francisco Telles, o Chiquinho Telles (PSD), Vanderlei da Silva Matos, o Cabeludo (PMDB), e Edson Shimabukuro (PTB).

A conclusão da investigação feita pelos vereadores é mantida em segredo. 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions