A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

04/11/2016 13:02

Estado receberá R$ 2,5 milhões para retomar plantio da erva-mate

Ricardo Campos Jr.
Prefeito eleito de Ponta Porã, Helio Peluffo, e senador Waldemir Moka (Foto: divulgação)Prefeito eleito de Ponta Porã, Helio Peluffo, e senador Waldemir Moka (Foto: divulgação)

A cidade de Ponta Porã, a 323 quilômetros de Campo Grande, receberá R$ 2,5 milhões para retomar o plantio da erva-mate na região. O valor será depositado pela Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento Econômico do Centro-Oeste), conforme anunciou o senador Waldemir Moka (PMDB) ao prefeito eleito do município fronteiriço, Helio Peluffo (PSDB).

Veja Mais
Prestação de contas de Alcides Bernal é adiada para a quarta-feira
Google é condenado a pagar R$ 38 mil de indenização a Puccinelli

O montante deve ser usado na capacitação de profissionais e produtores, compra de mudas, insumos e em infraestrutura na Agraer ( Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural).

A retomada do cultivo é uma luta antiga do senador sul-mato-grossense. O retorno dela é bem vinda não apenas pelo aspecto econômico, uma vez que é fonte de renda para a agricultura familiar, mas também por estar ligada à história e cultura da região.

Outro benefício é que a erva-mate, por ser uma árvore, pode ajudar a recompor a área de preservação e ser um meio para gerar empregos e retirar os jovens do tráfico de drogas.

Segundo Moka, estudos apontam que um hectare de erva-mate pode gerar uma renda de R$ 10 mil. O dinheiro será depositado na conta do Governo do Estado para ser encaminhado ao município. Para o senador, a parceria entre as esferas da administração pública é essencial para o sucesso do programa.

O senador também conseguiu outros R$ 300 mil para o PTIn (Parque Tecnológico Internacional de Ponta Porã).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions