A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

16/11/2016 13:42

Marquinhos já cita nomes, mas diz que vai anunciar secretariado só em dezembro

Paulo Nonato de Souza e Leonardo Rocha

O prefeito eleito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD), disse nesta quarta-feira, durante sessão na Assembléia Legislativa, onde cumpre seu mandato de parlamentar, que pretende anunciar seu secretariado na segunda quinzena de dezembro.

Veja Mais
Justiça nega pedido de cassação de Ruiter em denúncia de compra de voto
Reinaldo entrega obra e equipamento para exame em Caracol neste sábado

“Já tenho bons nomes, como o Ricardo Ayache (presidente da Cassems) e o Américo Calheiros (presidente da Fundação Municipal de Cultura nas duas gestões do ex-prefeito André Puccinelli entre 1997 e 2005), que considero importantes para Campo Grande, mas não significa que serão meus secretários, até porque ainda não falei com eles. Apenas acho que seriam bons nomes para a nossa cidade”, revelou Marquinhos Trad. “O Ayache, por exemplo, poderia colocar o INPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande) para funcionar nos moldes da Cassems”, destacou.

Marquinhos ponderou que não tem compromisso com nenhum partido e poderá formar seu secretariado com nomes de partidos que o apoiaram na disputa eleitoral e até mesmo da oposição. Hoje, ele anunciou que vai aproveitar a reunião com lideranças do PSDB em Mato Grosso do Sul, como o governador Reinaldo Azambuja, a vice-governadora Rose Modesto, com quem disputou o segundo turno das eleições, e vereadores eleitos pela coligação tucana, na próxima sexta-feira, às 15 horas, na Governadoria, para pedir “sugestões” de nomes.

Por enquanto, segundo Marquinhos, apenas o perfil dos secretários dos seus sonhos está definido. “Meu secretário precisará ter conhecimento sobre a pasta para a qual foi escolhido, honestidade, atitude, lealdade e competência”, afirmou.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions