A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Janeiro de 2017

25/11/2016 13:20

Presidente nacional da OAB considera "surreal" anistia para caixa dois

Ricardo Campos Jr.

O presidente nacional da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Claudio Lamachia, considera “surreal” a possibilidade de a Câmara dos Deputados aprovar o perdão para quem praticou caixa dois e outros desvios, como lavagem de dinheiro.

Veja Mais
Deputado inocenta colegas em relatório sobre 'dica de fraude' na Assembleia
TCE encerra dia 21 cadastro em plataforma de prestação de contas públicas

A medida foi incluída pelos parlamentares dentro de um pacote de medicas anticorrupção que deveria ser aprovado ainda nesta sexta-feira (25), mas diante da polêmica, a votação foi adiada para a semana que vem.

Não existe uma lei que trate especificamente sobre esse crime. Assim, conforme a estratégia dos deputados, ao instituir a norma, a punição valeria apenas para quem o praticasse a partir de agora.

Por outro lado, Lamachia entende que o sistema jurídico já tem instrumentos para punir desvios de dinheiro e caixa dois, como por exemplo o Código Eleitoral e as leis tributárias. “Uma nova lei teria como função recrudescer o combate ao crime e não anular o efeito das leis que já existem”, pontua o presidente da OAB.

Na opinião dele, é impensável que os ocupantes de funções públicas queiram usar o avanço no combate à corrupção para perdoar crimes do passado. Como representantes da sociedade, diz o advogado, eles deveriam respeitar os princípios da moralidade e impessoalidade nas ações, e não legislar em causa própria.

Lamachia promete usar as prerrogativas da ordem para defender a constituição e a sociedade do que ele chama de “atentado à democracia”.

Deputado inocenta colegas em relatório sobre 'dica de fraude' na Assembleia
O relatório final da Assembleia Legislativa sobre o caso em que os deputados estaduais Paulo Corrêa (PR) e Felipe Orro (PSDB) trocam dicas sobre como...
TCE encerra dia 21 cadastro em plataforma de prestação de contas públicas
Prefeitos eleitos ou reeleitos e presidentes das câmaras municipais em Mato Grosso do Sul têm até o dia 21 de janeiro para fazer o cadastro na plataf...
Rose Modesto assina na quarta-feira pacto nacional de segurança pública
A governadora em exercício, Rose Modesto, vai assinar na próxima quarta-feira, 18, a adesão de Mato Grosso do Sul ao Plano Nacional de Segurança Públ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions