A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

25/10/2016 12:07

Vereadores aprovam recursos da publicidade em medidas contra corrupção

Leonardo Rocha e Richelieu de Carlo
Projeto de Lívio Viana foi aprovado por unanimidade na Câmara (Foto: Richelieu de Carlo)Projeto de Lívio Viana foi aprovado por unanimidade na Câmara (Foto: Richelieu de Carlo)

Os vereadores da Capital aprovaram, em regime de urgência, o projeto que destina 5% de recursos da publicidade, para atos contra a prática de corrupção. A intenção é realizar campanhas e programas para conscientizar a população, seguindo assim as medidas propostas pelo MPF (Ministério Público Federal).

Veja Mais
Operadoras prestam contas à Assembleia sobre investimentos em MS
Acordo garante reeleição de Mochi e Zé Teixeira na Assembleia Legislativa

O projeto de autoria de Lívio Viana (PSDB) e Eduardo Romero (Rede) foi aprovado por unanimidade, em votação única, seguindo agora para sanção do prefeito Alcides Bernal (PP). "Como se trata de uma ação contra a corrupção, entendo que qualquer cidadão que se importa com a transparência, vai assinar esta lei", disse o tucano.

Lívio explicou que com a nova elei, Campo Grande será a primeira capital do País, a aderir uma das 10 medidas contra a corrupção, proposta pelo MPF, que tem a intenção de reprimir estes atos ilegais no Brasil.

De acordo com o orçamento previsto para 2017, serão destinados R$ 3,13 milhões para publicidade na Capital, o que representa a destinação de R$ 168,1 mil para a realização destas campanhas e programas contra a corrupção.

Vetos - Os vereadores novamente derrubaram dois vetos do prefeito Alcides Bernal (PP). O primeiro trata da realização de atividades direcionadas ao enfrentamento contra o HIV/Aids, durante o mês de dezembro. O outro fixa o horário das 20h até às 4h, para realização de obras de manutenção asfáltica no município.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions