A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

02/07/2014 14:44

AACC aposta em doações pela internet para elevar receita em até 30%

Helton Verão
E-commerce de empresa aumentou vendas em 30% e instituição espera alcançar este índice em doações online (Foto: Cleber Gellio)E-commerce de empresa aumentou vendas em 30% e instituição espera alcançar este índice em doações online (Foto: Cleber Gellio)

Que a internet está presente em todos os ramos possíveis, isso é indiscutível. No comércio vem ganhando a confiança dos consumidores, principalmente e enfim dos sul-mato-grossenses, ao ponto até de uma das mais conhecidas instituições apostarem nas doações online.

Veja Mais
Atualização permite curtir e até desativar comentários no Instagram
Após 36 horas, maratona tecnológica escolhe os projetos vencedores

Não que o serviço seja inédito para a AACC (Associação dos Amigos das Crianças com Câncer-MS), mas ele será intensificado a partir de agora, com a expectativa de aumento nas doações em até 30%. “Faz tempo que temos esta opção a disposição, mas agora que vamos investir. Será uma aposta na segurança, pois vamos ligar para as pessoas e recomendar a entrarem no site. Estaremos economizando na gasolina e com funcionários (motocobradores)”, ressalta a coordenadora da AACC-MS, Alexandra Almeida.

A instituição aposta nas redes sociais para convencer e levar as pessoas até o site. “O Facebook vai levar as pessoas até lá. Iremos realizar campanhas para fortalecer e atrair as pessoas até a doação online”, aposta Alexandra.

Para iniciar a nova fase das doações, o site foi reformulado, além de contar com o serviço de telemarketing. “Sabemos que é chato, mas é para ajudar pessoas, nosso serviço de telemarketing está preparado para atender as pessoas, de forma segura”, completa a coordenadora.

Vendas – Uma loja física de automação comercial (venda de máquinas registradores para o comércio) da Capital apostou no meio online há pouco mais de um ano e já tem um resultado considerável, inclusive expandindo as vendas para fora do Estado.

E o empreendedor da TecnoInfo Automação revela que a ideia do e-commerce da sua empresa, surgiu após sua tese de graduação, que foi colocada em pratica. “Atualmente 70% das minhas vendas acontecem aqui em Mato Grosso do Sul, os outros 30% são de fora, ou seja toda a demanda online”, diz o empresário Felipe Sezerino, 31 anos. 

Sezerino lembra que foi pioneiro no ramo de automação comercial no modo online e que após a criação do seu sistema, pelo menos mais cinco concorrentes entraram na disputa. “E a tendência é aumentar a concorrência e melhorar as vendas a cada ano”, avalia o empresário que já tem mais de mil clientes assíduos de sua ferramenta.

Uma das empresas que cria os sistemas e-commerce na Capital ressalta que o momento é de adesão dos sul-mato-grossenses e que hoje em dia a segurança para as compras é maior. “A evolução é grande, pela praticidade e a segurança que agora passa aos clientes”, potencializa o administrador e especialista em gestão empresarial da Gestão Ativa, Rodrigo Perez.

Prestador de serviços de empresas nos mais diferentes ramos, desde varejos joias caríssimas, até de vídeo games, o especialista recomenda a organização da empresa e a diferenciação da loja física e online. “O desafio é grande, tem que entender de marketing online e internet. Não podem se misturar os setores, falar que meu funcionário da loja física vai ajudar na online hoje, isso já gera bagunça”, recomenda Perez.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions