A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

02/05/2015 08:27

Alunos de MS são selecionados para feira de ciências nos Estados Unidos

Filipe Prado
As estudantes selecionadas apresentarão o projeto AutoGuardian (Foto: Divulgação)As estudantes selecionadas apresentarão o projeto AutoGuardian (Foto: Divulgação)

Seis estudantes do IFMS (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Mato Grosso do Sul) foram escolhidos para representar o Brasil na maior feira de ciências do mundo, a Intel ISEF (Intel International Science and Engineering Fair), que acontece em Pittsburgh, Pensilvânia (EUA). Os sul-mato-grossenses apresentam três projetos, junto com mais 30 brasileiros, representando 10 estados brasileiros.

Veja Mais
Atualização permite curtir e até desativar comentários no Instagram
Após 36 horas, maratona tecnológica escolhe os projetos vencedores

A feira, que acontece entre os dias 10 e 15 de maio, irá reunir mais de 1,6 mil alunos com projetos inovadores, concorrendo a uma bolsa de estudos de US$ 4 milhões e vários prêmios.

“A Intel acredita que a disseminação da cultura científica é estratégica para o desenvolvimento do país. Mais que cientistas, queremos ajudar a formar cidadãos antenados nos desafios sensíveis à vida local. Eles ajudarão a solucionar problemas do seu entorno e outros desafios globais”, afirma Fernanda Sato Gerente de Educação da Intel do Brasil.

Os projetos selecionados foram o “Desenvolvimento de um termociclador de baixo custo para amplificação de DNA”, produzido por Luiz Fernando da Silva Borges, da IFMS campus Aquidauana, que visa tornar acessível para universidade o termociclador, aparelho utilizado em laboratórios de biologia molecular. O aparelho custa em média R$ 29 mil, mas o projeto prevê um gasto de R$ 1,5 mil, através de substituição de alguns componentes.

O “AutoGuardian: monitoramento e análise de dados automobilísticos para simulação de sinistros”, das estudantes Mariana da Silva Chermont e Bruna Luzia Almeida Rodrigues, consiste em implementar um dispositivo que envie mensagens de socorro via satélite em caso de acidentes, pois muitos locais de acidentes não possuem sinal. Os dois projetos são finalistas da FEBRACE.

Os alunos Pedro Otávio Liberato Rocha, Lucas Moraes e Eduardo da Silva Campos realizaram o projeto “Solução metereológica para agronegócios”, foram selecionados pela MOSTRATEC, todas associadas a Intel ISEF 2015. Este projeto tem como objetivo desenvolver um protótipo de miniestação meteorológica, utilizando as tecnologias para coletar e formatar dados considerados importantes na produtividade.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions