A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

21/08/2015 20:23

Em maratona, participantes terão 24 horas para criar ferramenta tecnológica

Adriano Fernandes
A maratona de programação Hackathon é comum em grandes empresas como Microsoft, Google, Spotify e Linkedin. (Foto: Divulgação)A maratona de programação Hackathon é comum em grandes empresas como Microsoft, Google, Spotify e Linkedin. (Foto: Divulgação)

Começou esta manhã o Hackathon, uma maratona de tecnologia que reúne programadores de sistemas e profissionais da área de desenvolvimento de softwares que tem, em 24 horas, a missão de desenvolver alguma ferramenta relacionada a tecnologia.

Veja Mais
Tecnologia na educação: melhores professores, melhores aulas
Evento de tecnologia da informação acontece sábado na Capital

Em sua quarta edição, o evento organizado pela empresa DigithoBrasil, este ano conta com participação de 50 integrantes, divididos em 5 equipes. A logística da maratona é a mesma de uma competição. Cada equipe apresentou uma ideia e tem até as 8 horas desse sábado, para entregá-la pronta e funcionando.

“São 24 horas em que toda a empresa e não só os setores de programação, se comprometem em desenvolver o melhor produto", explicou um dos organizadores do evento, o analista de marketing Jorge Almoas, de 29 anos. “É uma oportunidade de desenvolver e por em prática, uma nova ideia”, completou Jorge.

A sabatina tecnológica exige comprometimento integral dos participantes e segue critérios rigorosos para avaliação. Dentre eles, rentabilidade do produto final, usabilidade em tablets, celulares e desktops e impacto com o publico.

Este ano, além de todo o quadro de profissionais da empresa, cada equipe teve direito a um convidado para a maratona. A participação de cada integrante, foi assegurada com a doação de no mínimo 3 litros de leite, que serão destinados a instituição Cotolengo, que atende pessoas com paralisia cerebral, em Campo Grande.

Ao final das 24 horas de maratona, cada equipe tem 10 minutos para apresentar a ideia. A equipe vencedora ganha brindes, dentre eles Power Banks, uma espécie de carregador portátil para celulares.

Novas ideias Dentre as boas ideias que surgiram das edições anteriores do Hackathon, esta o aplicativo “Tá no Sangue”, para doadores de sangue e que informa ao usuário as proximidades das datas de doação, promove campanhas e até ranquings de doadores. Outro exemplo é a ferramenta “PostBack”, plataforma que permite avaliações sobre congressos, seminários, palestras dentre outros eventos corporativos.

Origem - Hackathon é junção das expressões “hacker” e “marathon”, que significa maratona em inglês. A competição é comum em grandes empresas como Microsoft, Google, Spotify e Linkedin.

Para mais informações, acesse o site da DigithoBrasil ou do evento, clicando aqui.

Alguns dos participantes da maratona Hackathon.(Foto:Divulgação)Alguns dos participantes da maratona Hackathon.(Foto:Divulgação)
Ao todo são 50 participantes este ano. (Foto:Divulgação)Ao todo são 50 participantes este ano. (Foto:Divulgação)
Tecnologia na educação: melhores professores, melhores aulas
Quando o Ensino a Distância (EAD) começou a fazer parte da realidade do ensino superior, tal modalidade era inadvertidamente vista como simulacro do ...
Evento de tecnologia da informação acontece sábado na Capital
Acontece neste final de semana o Debian Day, um dia para discutir e trocar informações entre profissionais e estudantes da área de tecnologia da info...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions