A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

23/09/2013 09:05

"Onda Verde" não impede veículo de parar em todos os semáforos

Aliny Mary Dias
Na Afonso Pena, motoristas não conseguem transitar em vários semáforos abertos (Foto: Marcos Ermínio)Na Afonso Pena, motoristas não conseguem transitar em vários semáforos abertos (Foto: Marcos Ermínio)

Implantado em 2010 na região central de Campo Grande, o sistema “Onda Verde”, que possibilita a fluidez no trânsito por meio da sincronização dos semáforos, é alvo de reclamações constantes de motoristas. As três primeiras etapas do sistema foram colocadas em prática ao longo do ano de 2010, mas de lá para cá, poucas ruas tiveram o pleno funcionamento do sistema e o fim dos congestionamentos.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Desde o início do projeto, a principal avenida da cidade era uma das principais vias a terem a Onda Verde. Segundo os motoristas, há algum tempo a situação melhorou, mas nos últimos meses a sincronização desapareceu.

“Eu dirijo o dia todo na cidade e essa Onda Verde a gente quase não vê. Na Afonso Pena, por exemplo, paramos em quase todos os semáforos, é uma situação horrível pra quem está na rua o dia todo”, conta o taxista Valter José, de 58 anos.

Outro alvo de reclamações é a Avenida Fernando Corrêa da Costa, a reportagem do Campo Grande News percorreu o trecho e constatou que a sincronização só existe em parte da avenida.

No cruzamento com a Rua Bahia, por exemplo, quando o semáforo abre, o seguinte, com a Rua Joaquim Murtinho, fecha. A mesma situação ocorre nos sinais seguintes até a José Antônio.

Até a 14 de Julho, a sincronização faz com que os motoristas peguem mais de três semáforos abertos em sequência, mas daí em diante os problemas recomeçam. “Para mim não funciona, aqui na Fernando Corrêa a gente pega vários sinais fechados e abertos em sequência”, conta motorista Marcio Melo. 

Taxista diz não ver sistema em funcionamento (Foto: Marcos Ermínio)Taxista diz não ver sistema em funcionamento (Foto: Marcos Ermínio)

E não é só quem dirige com frequência na região central que reclama da falta de sincronização. Gentil Pereira, 56 anos, mudou-se há dois anos para Campo Grande e, apesar do sistema já estar em funcionamento, diz não ver a Onda Verde em ação.

“Eu dirijo pouco, mas todas as vezes que estou na rua pego semáforos verdes e vermelhos. Se tivesse a Onda Verde seria muito melhor”, conta Gentil.

Investimento – Em maio, a diretora-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Kátia Maria Moraes de Castilho, afirmou que R$ 12 milhões liberados pelo Ministério dos Transportes serão investidos na implantação de equipamentos eletrônicos da Onda Verde.

De acordo com a diretora, as instalações dos novos equipamentos devem começar ainda neste ano e os trabalhos serão finalizados no segundo semestre de 2014. O equipamento será instalado na rua Ceará, avenida Costa e Silva, avenida Fernando Correa da Costa e avenida Mato Grosso. A região tem 200 cruzamentos.




O povo dessa cidade tá tão acostumado a passar em sinal vermelho que quando tá verde, até estranha. Ai fica na dúvida se sai ou não.
Mas o povo é lesado mesmo, parece que tem medo do carro explodir ou estragar.
Parece que tem uma carroça parada na frente.
Sem falar os que param debaixo do sinal e hora que fica verde não saem da frente.
PRESTA ATENÇÃO NO SEMÁFORO.
 
Francis P. Lucas em 24/09/2013 11:31:07
Acho que o pior não é a falta de onda verde,são esse pessoal ruim de direção. Quando abre o sinal fica meia hora p/ sair do lugar meu!!! É gente falando no celular,distraído e etc...Em horário de pico fica difícil andar nessa CG! Quem é motorista de verdade sabe que temos que fazer o trânsito fluir,andar,andar!!!!!!!!
 
José Claudio Rossini em 24/09/2013 09:30:20
a agetran e o detran é uma mafia eu não o que eles fazem com tanto dinheiro q eles ganham com multas e ipva de motos e carros, foram o tanto de moto q tem no detran. sera q esse dinheiro vai pra quem?
 
fabio santos em 23/09/2013 14:51:16
Neusa, me desculpe, mas não funciona não, se voce chegar no primeiro sinal e pegar da hora que ele fica verde, no quarto sinal se voce não estiver a 90km/hora voce já vai pega-lo amarelo e se voce resolver passar no amarelo, no quinto fatalmente voce vai ter que parar.
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 23/09/2013 12:27:14
Onda verde em via com duas mãos (Mato Grosso, Afonso Pena, Fernando Correâ da Costa) é tecnicamente IMPOSSIVEL. No melhor das hipoteses funciona para uma direção. Vamos dizer Mato Grosso, direção Parque dos Poderes - Centro. Quem anda na direção oposta vai perceber que a sequencia de abrir sinal é o oposto: abriu primeiro o sinal mais longe e em seguida os sinais mais pertos. Não tem solução para isso. Onde verde so funciona em via de mão unica, mas implantando em 2 vias de mão unico lado a lado vai atrapalhar as vias que cruzam... coisa de matematica O que deveria ser instalado é sinal que esta sempre vermelho, mas que abre quando um carro se aproxima (exceto quando ja percebeu carro na rua que cruza e abriu para este). Assim, vermelha = batida na certa, e nunca tem vermelha desnecessaria
 
Marcos da SIlva em 23/09/2013 11:53:47
É necessário a implantação de heliportos no alto dos grandes edifícios comerciais para que diminua a fluidez de veículos nas ruas. Aliás, quem quiser me emprestar um helicóptero, não hesitarei em aceitar. :-0
 
Danilo Aquino em 23/09/2013 11:34:02
Para ficar completa a reportagem, poderiam dizer que à época, foram gastos mais de 4 milhões de reais (em 2010) para a implantação desse sistema, que na prática nunca funcionou. Com a palavra, o "engenheiro" Rudel Trindade, chefe da agetran à época dos fatos.
 
Marcelo Teixeira em 23/09/2013 10:54:07
Só onda verde não funciona, e não funcionara, pois se funciona para uma rua principal para as transversais não funciona. O único jeito de funcionar automaticamente com fluência no transito é com a contagem de veículos em todas as ruas que deseja-se controlar. Deste jeito liberando o transito em uma ou outra conforme o fluxo de veículo naquele local e ruas adjacentes. Isto feito automaticamente. Do contrario, qualquer outro sistema só sera eficaz em um momento, se tornando ineficaz o resto do tempo.
 
luís eloy alves da costa em 23/09/2013 10:45:52
FUNCIONA SIM. BASTA CHEGAR NO 1º SEMÁFORO E ENCONTRÁ-LO VERDE ENTÃO ´É SÓ SEGUIR A VELOCIDADE RECOMENDADA.
 
neusa soares em 23/09/2013 10:41:06
Calma gente começou o período de chuvas e estamos entrando na primavera....
 
Alex andré de souza em 23/09/2013 10:32:20
A onda verde não funciona e também o trânsito de Campo Grande esta péssimo, por conta dos motoristas! Não é uma questão de andar acima da velocidade e sim de não andar a 20 km/h como ocorre aqui! Na Antônio Maria Coelho quando os motoristas colaboram é possível pegar todos os sinaleiros abertos! Agora andando parando ai realmente fica difícil, fora as diversas coisas absurdas que acontece em Campo Grande, a cidade cresceu, a frota aumentou absurdamente, porém a maioria dos motoristas ainda acham que estão em uma cidade pequena! Enquanto não mudar os motoristas a cidade não vai mudar! Poderia começar, por uma questão de bom senso, a andar na faixa da direita quem esta devagar, principalmente na afonso pena, isso já ajudaria muito o fluxo dos veículos que é grande na região!
 
Camila dos Santos em 23/09/2013 10:25:44
Hahahaha o Walter foi Severo mas falou tudo, a nossa onda é de outra cor, quando eu falo que a Ciptran não presta ninguem me ouve, mas é verdade, parece que eles complicam mais o transito para justificar termos um departamento inteiro bancado para "melhorar" nossa vida no transito, gasta dinheiro com isso e com aquilo e nada funciona, tinha que fazer a pessoa que colocou o ONDA VERDE pagar o que foi pago por um negocio que de duas uma, ou não funciona mesmo ou compraram o sistema mas não aprenderam como que faz para colocar pra funcionar.
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 23/09/2013 10:21:37
Na Afonso Pena funciona sim, a dica é andar a 60 Km/h.
 
jose da silva em 23/09/2013 10:10:11
kkkkk a "onda verde" aqui em Campo Grande agora já esta podre, era verde, amadureceu e agora apodreceu e não tem como usufruir dela mais, é uma vergonha toda campanha que fizeram e logo ja não funcionava direito.
 
Adauto Correa Lima Jr em 23/09/2013 10:07:07
MAIS DINHEIRO DO POVO GASTO SEM PROVEITO DA POPULAÇÃO.
 
valter martins em 23/09/2013 10:05:30
Bom dia,
gostaria de saber qual foi o especialista que tirou o semáforo de 3 tempos da esquina da rua Rui Barbosa com a rua Maracajú e se não bastasse isso ainda colocou flexpark na quadra da rua Rui Barbosa entre as ruas Maracajú e Antonio Maria Coelho. Com isso ele criou um caos na Rui Barbosa. Temos que dar os parabéns para esse especialista muito inteligente!! Só em Campo Grande/MS mesmo.
 
Neui Gasparetto em 23/09/2013 10:03:40
Desde quando? Tá de brincadeira que esse sistema tá funcionando. Se o cara quiser passar dois sinais verdes terá que infringir a velocidade da via. Quem sabe um dia.
 
Adriano Magalhães em 23/09/2013 09:57:37
E o que falar da 26 de Agosto então, desde a Bandeirantes até a Rui Barbosa se para em todos os sinais, sem citar a 7 de Setembro, 15 de Novembro entre outras.
 
Victor antunes em 23/09/2013 09:47:12
NA REALIDADE O QUE EXISTE AQUI É A "ONDA PRETA".
SEMPRE QUE UM SEMÁFORO ABRE O DA PRÓXIMA ESQUINA FECHA. ISTO EM QUASE TODAS AS RUAS.
E PRA COMPLICAR MAIS AINDA OS MOTORISTAS DAQUI SAEM NA MAIOR LENTIDÃO, OS CARROS NÃO CHEGAM A 30 KM .
E AINDA TEM OS "ESPERTOS" (PRA NÃO DIZER IDIOTAS/IRRESPONSÁVEIS) QUE SÓ ACELERAM O CARRO QUANDO FICA NO AMARELO.
EEEEEE CAMPO GRANDE....
 
walter severo em 23/09/2013 09:46:12
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions