A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

17/02/2013 11:00

Ação na Capital termina com 15 multas e 1 preso por embriaguez

Nadyenka Castro
Ciptran em blitz na avenida Afonso Pena, no Carnaval. (Foto: João Garrigó)Ciptran em blitz na avenida Afonso Pena, no Carnaval. (Foto: João Garrigó)

Operação realizada pela Ciptran (Companhia Independente de Polícia Militar de Trânsito) entre às 22 horas de sábado e às 3 horas deste domingo terminou com 15 multas aplicadas e um motorista preso em flagrante por embriaguez.

Veja Mais
Dois são presos por embriaguez durante operação em três pontos
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber

De acordo com o comandante da Ciptran, tenente-coronel Alírio Villasanti Romero, foram realizadas blitze nos altos da avenida Afonso Pena, na avenida Mato Grosso com a rua Alagoas, na avenida Coronel Antonino e na Vila Margarida. Locais com aglomeração de pessoas e concentração de bares.

A ação também resultou na apreensão de cinco documentos, sendo dois de veículo e três CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Sexta para sábado – Na operação da noite anterior, 15 motoristas foram multados e oito veículos recolhidos para o pátio do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), porque os condutores estavam com a CNH vencida e cinco com documentos irregulares. Dois foram presos por embriaguez.

A ação foi feita pela Ciptran com apoio de policiais do 10° BPM (Batalhão de Polícia Militar) e 9° BPM (Batalhão de Polícia Militar). Foram montadas barreiras na avenida Afonso Pena, avenida Mato Grosso e no mirante do Aeroporto Internacional, na avenida Duque de Caxias.




Excelente trabalho da nossa policia,mas não adianta ficar só no centrão,se quiserem mesmo resolver o problema,tem que atacar os bairros,ai sim ,como disse um leitor,vão lotar carretas,e podem começar aqui pelo Aero Rancho e região,a mulekada aqui desdenha da policia,não tem um pingo de medo,pra não falar dos carros irregulares e condutores sem habilitação,só vendo mesmo,parece até uma terra de ninguém!
 
Antonio Lopes em 18/02/2013 09:37:24
Eu ando de moto desde 2001, bom a 12 anos eu parei numa blitz 4 vezes, quer dizer há uma deficiencia muito grande aí né, senhores minha moto é biz final da placa 1 paguei este mês 467,85 de lincenciamento e IPVA é um absurdo pra não ter segurança nenhuma nas ruas com tantos desabilitados e inrresponsaveis
 
Adriana Menezes em 18/02/2013 08:53:31
É verdade, poderia fazer uma limpeza geral nos bairros, vão pegar muita gente, muleques sem noção, troca os escapamentos das motos e fica fazendo barulho nas ruas para tirar a paz da gente. Corrrem como se só tivesse eles nas ruas, Aero Rancho setor 7 é um deles.
Cipitran nos precisamos de vocês, não vão se arrepender, de 10/1 tem carteira, todos são irresponsaveis até os pais por permitir isso, pitolar ou dirrigir sem carteira pra mim é crime.
 
Adriana Menezes em 18/02/2013 08:28:49
Grande coisa!Parece que só existe Afonso Pena né!?Os bairros estão bem piores,neles sim,precisa de fiscalização!
 
Marcus Vinicius em 17/02/2013 19:28:59
Tem Q Fazer Nos Bairros ...Ai Sim ... Só Q A CipTran Vai ter Q Encostar Umas 3 Carretas P Levar os Carro e Moto,Principalmente MOTOS..Td Q é Muleke Tem Moto..Virou Peste Moto...Tirando Akeles Q usam A Moto P Trabalhar..Não Sei S Muleke Seria O Termo Certo P Eles..Mais Q Infernizam Os Bairros Isso Sim..Escapamentos Barulhentos,Empinando,Tirando Racha,Ultrapassando Pela Direita,Atravessando Em Locais Proibidos e ETCCCCCCCc....e fora isso colocando Em Risco A Vida De Nossas Crianças No Bairro..E Se vai falar Alguma Coisa..Eles Se Acham Os Bravoesss..Tem Q fazer um limpa Nos Bairros Contra Eles..
 
Fábio Souza em 17/02/2013 12:59:44
Beleza! De grão em grão, a galinha enche o papo. De prisão em prisão, as ruas vão sendo limpas, com a retirada desse "gente suja".
 
Fernando Silva em 17/02/2013 12:31:55
Uma boa iniciativa, mas infelizmente não resolve. O transito de Campo Grande está à mercê de motoristas inconsequentes e pessoas mal-educadas e vai continuar assim por mais tempo até o poder público se tocar de que só a presença ostensiva da policia de trânsito é que resolve. Quantas pessoas mais precisarão dar a vida para que isso aconteça? É até o caso de questionar o tamanho do efetivo do policiamento de trânsito aqui da capital: tantos policiais assim só para funções administrativas? Lá de vez em quando uma blitz? Senhores... só a polícia marcando presença constante em cada cruzamento importante é que resolverá ou pelo menos minimizará esse flagelo de nossa cidade!
 
Suintila V. Pedreira em 17/02/2013 12:01:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions