A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

01/02/2011 19:15

Caminhão bate de frente com carro e mata uma pessoa na BR-163

Jorge Almoas e Viviane Oliveira
Carro ficou completamente destruído após colisão frontal (Foto: Simão Nogueira)Carro ficou completamente destruído após colisão frontal (Foto: Simão Nogueira)

Acidente no final da tarde desta terça-feira matou uma pessoa no Anel Rodoviário da BR-163, na altura do quilômetro 485.

A colisão ocorreu próximo a universidade Uniderp Agrárias, na região Norte de Campo Grande. Uma equipe do Corpo de Bombeiros está realizando o atendimento.

De acordo com informações dos bombeiros, um caminhão furgão de placas HTG-3603 bateu de frente com veículo Apollo, de placas BGG-4704, de Coxim. O carro ficou completamente destruído.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) está no local e informou que a vítima é um homem, mas ainda não há identificação.

De acordo com a Polícia, o motorista do Apollo seguia no sentido da saída para Cuiabá (MT) e tentou ultrapassagem, mas acabou batendo de frente na carreta da empresa KM Transportes, que estava trafegando sentido Dourados.

O caminhão furgão ficou atravessado na pista, bloqueando o tráfego. Alguns motoristas estão desviando. A pista está molhada por conta da chuva da tarde de hoje.




Não adianta apontar as culpas ou os culpados. Uma vida foi ceifada. Compete a cada um uma auto análise, reflexão e uma nova ação. Observemos os maus e bons exemplos e tomemos as decisões certas. Procuremos antes de criticar, nos colocar no lugar de quem se foi ou no lugar dos familiares e respeitemos uns aos outros. Como eu gostaria de ser tratado? O que eu gostaria de ouvir, caso uma tragédia dessa ocorresse comigo ou com minha família? Será que estou livre disso? Será que sou tão responsável e competente assim?
 
Sandra Regina em 03/02/2011 02:55:59
Eu acho que precisamos ter + atençao , principalmente obedencendo os sinais de transito... temos que levar em conta muitos aspectos, no que si refere a um acidente como este! mais so perdeu quem si foi....QUE DEUS CONSOLE ESTA FAMILIA!
NAO CORRA, NAO MATE, NAO MORRA....
 
joel de matos em 02/02/2011 12:56:41
infelismente foi uma vida!! mais a falta de atenção é o grande problema em nosso trânsito.que DEUS possa confortar essa familia. agora cabe a cada motorista ter suas responsabilidade e ter mais atenção e amor ao próximo.
 
marcia souza vitoriano em 02/02/2011 12:00:03
o dever dos instrutores de transito é formar condutores, não formar o carater dos candidatos portanto a falta de respeito no transito se deve pela mania dos condutores de desrespeitar as leis de transito.
 
reginaldo josé sartor em 02/02/2011 11:32:07
A maneira pessoal de dirigir reflete os princípios e valores de cada pessoa. O condutor que desrespeita a sinalização de modo irresponsável e inconsequente demonstra que não tem educação, amor próprio e repeito pelas outras pessoas. Seguramente, são pessoas egoístas que gostam de levar vantagem em tudo, chegar na frente e que consideram os condutores que adotam atitudes de prudência, cortesia e cautela, "manés" ou "segura trânsito". Não estou pré-julgando o caso em apreço, pois as causas do acidente ainda serão apuradas. Mas, voltanto ao raciocínio anterior, melhor ser "mané" vivo do que "esperto" morto.
 
Edmilson Lopes em 02/02/2011 11:27:22
acredito que a questão envolve vários aspectos que vão desde auto escolas, educação de base, comportamento das pessoas, respeito a vida, etc ,leis que realmente funcionem, e aplicabilidade com rigor das mesmas. não é raro vermos pessoas delinquentes no transito que permanecem livres devido aos chamados "recursos". em alguns países motorista que comete delitos graves são presos e sem direito a fianças ou liberdades condicionais. falta é punição adequada. o transito no Brasil e óbvio em campo grande é uma piada (sem graça) uma vergonha, fico pensando quantas pessoas ainda devem morrer ou ficar invalidas para realmente termos algum tipo de atenção nesta área.
ler uma noticia de morte no nosso transito é sempre lamentavel e triste.
carros estao virando armas.
 
marcel dos santos nobre em 02/02/2011 11:16:26
Wanderson, concordo com suas afirmações na questão da auto-confiança, porém a questão das auto escolas influênia sim, vou citar um exemplo disso, certa vez trafegava eu de bicicleta pela avenida Ernesto Geisel no centro da cidade e quando parei num sinal fechado, UM INSTRUTOR DE UMA AUTO ESCOLA muito conhecida parou atrás e começou a buzinar fazendo sinal para eu sair da frente, ressalto que eu estava preferencialmente na direita, também sou motorista e sei qual o meu espaço.
Esse "INSTRUTOR" ainda me mandou ir pela calçada, e falou "vc vai morrer ai seu mané".
Se essa atitude parte de um instrutor na frente do aluno, o que vamos dizer quando esse aluno pegar sua CNH e sair nas ruas???
 
Oswaldo Junior em 02/02/2011 11:02:36
Meus caros!
Até quando vamos ficar transferindo responsabilidades!!! É claro que o poder público tem a obrigação de investimentos, mas vejam só: esse acidente ocorreu no perímetro urbano de Campo Grande, em um local bem conservado, com ampla visão para ambos motoristas... O que se vê aqui, infelizmente foi a negligência de um motorista!!! O PRINCIPAL RESPONSÁVEL POR EVITAR ACIDENTES É O SER HUMANO, NO CASO AQUI, TODOS OS CONDUTORES DE VEÍCULOS!!! DIRIGINDO COM SEGURANÇA, PRUDÊNCIA E RESPEITO A VIDA É QUE VAMOS EVITAR TRAGÉDIAS!!!
 
laercio souza em 02/02/2011 10:24:00
Não devemos criticar as auto escola, e sim atentar para q ue não ocorra conosco a falta de atenção em colocar tambem em risco a vida de outras pessoas, conheço muito a região sou moradora da chacara dos poderes, e estava trafegando no local no horário do acidente, porém foi uma ultrapassagem indevida, infelizmente tenho q dizer q o motorista do apolo foi imprudente, existe faixa contínua e o mesmo não deveria fazer a ultrapassagem naquele local, além do mais estava chovendo e acredito q com chuva não devemos abusar, gostaria muito de deixa um recado aos policos q residem na nossa região q atentasse para uma melhor sinalização na BR-163 para a solicitação de iluminação no percurso 480 à 496 pelo qual temos muitos moradores e correm risco no periodo em q transitam das suas residencias para o seu trabalho e vise e verso, temos muitos moradores em decorrência dos residencias do jardim noroeste.
 
vandecleia Aparecida Messias dos Santos em 02/02/2011 10:17:57
O nosso problema é tentar imputar a responsabilidade a alguém se acidente é que não foi instruido pela auto escola, personalidade ninguém muda, o maior problema não são as estradas, o trânsito, a falta de sinalização etc....a culpa é de cada um que comete imprudência, são negligentes e sempre acham que vai dar tempo. Todo dia é uma tragédia: seja no trânsito, no trabalho, marido matando esposa, outro se suicidando, criança violentada, criança abandonada.Temos presenciado cada cena que às vezes até nós que somos profissionais ficamos chocados, só têm uma explicação o maior sentimento o amor pelo próximo já não é colocado em prática - afinal próximo não existe sempre pensam no EU...onde vamos parar só Deus sabe...
 
Regina Célia em 02/02/2011 09:49:32
O que eu vejo é muita barberagem nas ruas da cidade feita por condutores que não estão nem aí com as leis do trânsito, não sinalizam ao virar, excesso de velocidade, embriaguez ao volante, só numa tarde de domingo levei 4 feichadas e presenciei 5 avanço de sinal vermelho, 3 embriagados ao volante, não sei se esse é o caso mas se um condutor tem esse mesmo comportamento em uma rodovia o resultado só será no mínimo uma tragédia, falta fiscalização (principalmente fins de semana) e conscientização por parte de alguns condutores
 
Sandro Lima em 02/02/2011 09:10:48
Neste mundo globalizado onde as boas idéias são copiadas, esta mais que na hora de "Nossas Autoridades de Transito" juntamente com os poderes legislativo, executivo e judiciário mostrarem seus verdadeiros valores. e juntamente criarem sistemas mais eficazes no combate a qualquer tipo de violência.Um país de grandeza como o nosso,ja passou da hora de mostrar realmente que merece ser respeitado como grande potencia e chegar a ser um país desenvolvido.Logicamente que precisa do apoio e consciência da sociedade.Mato grosso do sul merece ser conhecido e reconhecido não somente pelas suas belezas naturais, mas tambem pelo empenho e dedicação das nossas autoridades.
 
PETERSON ATAIDE em 02/02/2011 08:56:57
Caro Oswaldo, a questão, não é rever o que as autoescolas ensinam para os futuros condutores, pois se o ensinamento estiver sendo de maneira errado, o aluno nao passaria nem pelo detran no exame pratico, o que precisa ser revisto, é o conceito desse condutores iresponsaveis, que praticam de uma forma certa quando aprendem na autoescola, e quando terminam sua cnh, dirigem de outra forma, totalmente errada, ao contrario do que se é ensinado em um local de formação de condutores.
Vou resumir a voce o que eu quis dizer, o grande responsavel por acidentes tragicos como esse é uma palavra chamada auto-confiança.
 
wanderson albuquerque em 02/02/2011 08:24:44
Não acredito que seja falta de preparo e nem culpa da auto escola,mas sim falta de responsabilidade com a propria vida e principalmente com a vida de outras pessoas.
 
Ana Cristiane em 02/02/2011 08:20:21
viajo sempre para goiania, bahia o que vejo nas rodovias sao grandes imprudencia, o carroes importados jogando vc fora das pista, uns querendo chegar primeiro que os outros a vida do ser humano ñ vale mais nada, o respeito e o amor ao proximo piorro, so nos resta pedir ao grande Deus que olhe por nos condutores : PERDER UM MINUTO NA VIDA VALE MAIS QUE PERDER A VIDA EM UM MINUTO , RESPEITE OS LIMITES DE VELOCIDADE.
 
ana pereira em 02/02/2011 05:01:01
sou funcionário da uniderp agrárias e ja presenciei vários outros acidentes como esse de ontem causados pela imprudência dos motoristas,e pela falta de atenção dos mesmos.A imprudência, dos motoristas que trafegam na br -163 quanto a de alguns que moram em locais proximos ,é tão absurda que eles não respeitam nem mesmo o semafaro, que existe entre a av Alexandre Erculano e a br-163 eles atravessam mesmo com o sinal vermelho.Espero, que esse acidente sirva como lição para esses motoristas e que eles perssebam que no transito é preciso ter prudência,respossábilidade,ter conhecimento sobre as leis de transito, e ter respeito com a vida das outras pessoas e com a sua própria vida.Se eles não tomar esse tipo de atitude rapidamente, infelismente vamos ter que houvir esse tipo de noticias por muito tempo ainda.
 
jorge da silva em 02/02/2011 04:38:48
Mais um exemplo da falta de preparo que termina de maneira trágica.
Afinal, não está na hora das autoridades reverem o que as auto escolas ensinam aos futuros condutores??!!!
 
Oswaldo Junior em 01/02/2011 09:02:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions