A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

22/09/2016 08:47

Acidente entre caminhões baú e tanque deixa 1 ferido e trânsito lento

Luana Rodrigues e Chloé Pinheiro
Caminhão tanque bateu na lateral do outro veículo carregado com arroz. (Foto: Chloé Pinheiro)Caminhão tanque bateu na lateral do outro veículo carregado com arroz. (Foto: Chloé Pinheiro)

Acidente entre dois caminhões deixou o trânsito ainda mais prejudicado no anel viário da BR-163, entre a saída de São Paulo e a saída para Três Lagoas. O trafego na região já estava lento devido a um protesto no km 466 da rodovia. Um passageiro de um dos veículos precisou ser socorrido e encaminhado ao hospital, mas o ferimento não foi grave grave.

Veja Mais
Pedalada com temática sobre o trânsito segue com inscrições abertas
Pronto Socorro atende uma vítima do trânsito a cada duas horas

A batida ocorreu depois que um caminhão carregado com arroz que estava na alça da rodovia, invadiu a pista ao tentar fazer o retorno e ingressar na Avenida Guaicurus. “Eu ia entrar na Guaicurus, mas o sol me atrapalhou, quando vi o caminhão já estava lá”, afirmou o motorista de um dos veículos, Carlos Evandro Peres, 35 anos.

Carlos tinha como passageiro um ajudante, que precisou ser socorrido e encaminhado ao hospital, mas sem ferimentos graves.

O outro caminhão vinha de Curitiba e seguiria para Rondonópolis, carregado com 44 mil litros de etanol. “O rapaz veio e não teve solução, sorte que pegou na parte macia e não furou o tanque, porque fiquei em pânico”, disse o motorista Anselmo Alves, 53 anos.

Com o impacto os dois caminhões se arrastaram pela rodovia, atravessaram a pista e foram parar no acostamento do sentido oposto da BR. O trânsito ficou parcialmente bloqueado por alguns minutos, mas foi liberado assim que a CCR MS Via e a PRF (Polícia Rodoviária Federal) chegaram ao local.

Protestos - Hoje acontece o Dia Nacional de Luta, com protestos e interdições em todo o país. Em Campo Grande, além da rodovia que ficou interditada, há manifestação dos professores e da Construção Civil.

Eles protestam contra o governo do presidente Michel Temer (PMDB), o projeto que visa reforma trabalhista no país, além de outras propostas em tramitação no Congresso Federal. Genilson Duarte, pertencente a CUT (Central Única dos Trabalhadores) conta que o protesto foi pacífico e voltado para chamar a atenção da população.

Pedalada com temática sobre o trânsito segue com inscrições abertas
Seguem abertas as inscrições para a pedalada promovida pelo Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) em Dourados - cidade ...
Operação no fim de semana apreende 50 veículos no trânsito da Capital
Intensificadas durante o ultimo final de semana, as fiscalizações da Policia Militar de Trânsito resultaram na remoção de 50 veículos e recuperação d...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions