A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

13/11/2012 16:30

Acidente na BR-163 causa uma morte e provoca 6km de engarrafamento

Fabiano Arruda e Helton Verão
Acidente na BR-163 provocou fila de veículos na estrada. (Foto: Minamar Junior)Acidente na BR-163 provocou fila de veículos na estrada. (Foto: Minamar Junior)

Acidente ocorrido na tarde desta terça-feira na BR-163, entre o distrito de Anhanduí e o município de Nova Alvorada do Sul, provocou uma morte e forma engarrafamento de aproximadamente seis quilômetros no local.

A colisão frontal envolveu carreta, que seguia no sentido Nova Alvorada, e microonibus, que trafegava na direção contrária.

Policiais da PRF (Polícia Rodoviária Federal) monitoram o tráfego, que está congestionado por conta de apenas uma parte da pista estar liberada. Militares do Corpo de Bombeiros também atendem a ocorrência.

A vítima, que foi arremessada do veículo para fora da pista, ainda não foi identificada, já que o microonibus ficou bastante destruído com a batida e a carga de milho que a carreta transportava, aproximadamente 37 toneladas, ficou espalhada na via, dificultando o trabalho dos bombeiros.

O condutor da carreta, Carlos Augusto da Silva, 23 anos, foi levado para atendimento ao hospital municipal de Nova Alvorada.

Segundo informações da PRF, a suspeita é que o acidente tenha ocorrido no momento em que o motorista do microonibus, que teve até o motor arremessado à pista com a força do impacto, tentava uma ultrapassagem, já que o choque ocorreu na pista onde a carreta trafegava.

Veja Mais
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves




Tambem não adiante colocar duas pistas oque tem que ter e eduação no transito principalmento dos veiculos pequeno não adianta ( tem que ter paciencia ) e vidas e familias destruidas pelo transito.

abraços.
 
Cristiano Santos em 16/11/2012 21:17:41
O que precisa e uma manifestação principalmente dos caminhoneiros,poque a maioria dos grão e carne bovina passam nesta rodovia que ninguem se importa,hoje morre um amanhã e outro as autoridares nem importam,eles só viaja de avião pegar a Br 163 ou a 267 que vocês vão ver que desgraça que tentar ultrapassar pelo meno 2 carretas bitrem...tem que ser duplicada.

que Deus da um conforto para a familias das vitimas.
 
Cristiano Santos em 16/11/2012 21:11:31
Novo ou velho, não importa o limite é 80 km, se seu carro é 2.0 não importa, se está atrasado, não importa o que é realmente importante é a vida que Deus nos deu. seja prudente 1 hora a mais ou a menos vai chegar do mesmo jeito a não que se mate. reflitem.reflitem.reflitem...
 
Vicente Neves em 14/11/2012 11:23:29
... ta tudo errado... o motorista da carreta que invadiu a outra pista e matou este senhor... existe testemunhas oculares!!!!!!!!!!!!
 
Diego Souza em 14/11/2012 11:06:24
Observem na foto este local é sem a terceira faixa, não foi realizadrecentemente gastaram R$ 68 milhões na BR163, a culpa é do motorista sempre percebam que trafegar em rodovia federal exige experiência, perícia, prudência e paciência. Este trecho de rodovia é morte certa trecho sem postos de descanso, hotéis ou motéis, o motorista parte de Norte do Mato Grosso 23 horas depois esta com sono e quem parte de Paranaguá cruza também com sono e estafa. Não há regime constante de fiscalização por radar e balança na pesagem e controle de tacógrafo nem exigência legal sobre venda de energéticos ou rebites. Os procedimentos de regime de fiscalização são somente em feriados prolongados com operações específicas de combate algum delito de tráfico ou contrabando.
 
Carlos Alberto Catalani em 14/11/2012 11:05:56
FICO TRISTE PORQUE VEJO A CADA VEZ QUE VOU A RIO VERDE MS VG OBSERVO VÁRIOS MOTORISTAS IMPRUDENTES VG MOTORISTAS DE CARRETAS E CAMINHÕES DESRESPEITAM E MESMO NAS TERCEIRAS FAIXAS ELES NÃO DEIXAM OS CARROS MENORES UTILIZEM AS AS FAIXAS DE ULTRAPASSAGEM PT OS CAMINHONEIROS QUE MUITAS VEZES EM ARREBITADOS NÃO DEIXAM O ESPAÇO SUFICIENTE PARA PERMITIR UMA ULTRAPASSAGEM SEGURA COM O AUTOMOVEIS MENORES PT FICO TRISTE VG MAIS ACHO QUE A FISCALIZAÇÃO TEM QUE SER MAIS INTENSAS PT AS LEIS QUE O CONGRESSOI FAZ NÃO PEGAM VG PORQUE SÃO CHEIAS DE FALHAS VG ESSA ULTIMA O GOV CEDEU E VEJA O QUE ESTÁ ACONTECENDO PT ESPERO QUE OS PROCURADORES DO TRABALHO FISCALIZE PT OBRIGADO SENHOR PT
 
VALMIR BARBOSA em 14/11/2012 10:33:06
Sr. ROBERTO RODRIGUES PAULINO,
Veja só, por causas de atitutes como a sua de andar em uma rodovia a 140 KM/H que acontece essas fatalidades...como o Sr. mesmo falou, que estava 140 KM/H. Que é uma velocidade em que nenhuma rodovia brasileira é permitida, seja por carro pequeno ou de grande porte!
 
Renato Coutinho em 14/11/2012 10:08:25
A noticia nos chegou por volta de 21:00 hs, o Rui é meu primo esposo da Maria da Graças. A família todo o nosso carinho e que Deus os conforte.
 
Vania Oliveira em 14/11/2012 09:32:18
Imprudência, imprudência, imprudência. Eu estou sempre na estrada em viagem com o meu carro. O que vejo? Imprudência. A toda hora.
 
Carlos Araujo em 14/11/2012 09:10:46
Olha é muito fácil colocar a culpa no motorista da carreta só porque ele tem 23 anos, mas na verdade isso não tem nada a ver com a realidade, por ele ser jovem seu raciocinio é mais rápido e agilidade e tempo de reação tbm, pois então leiam corretamente a noticia.E em respeito ao sr que dirigia o micro, que Deus conforte o coração dos familiares e o guarde e deixe repousar com os anjos.
 
luciano cabral em 14/11/2012 08:49:03
O motorista do microonibus era meu primo, que fazia transportes de carros novos e não era usado para fazer transportes de passageiros. Isso foi uma fatalidade! A família da vítima está sofrendo muito, seu nome era Rui Knupp...que Deus o tenha!
 
Fabiane Guilherme Rosa Claret em 14/11/2012 08:25:02
O motorista foi para o hospital de Nova Alvorada? Será que tinha médico para atender ele? Depois que a PT perdeu na eleição, mandaram todos os médicos embora exceto por um (que é péssimo). Boa sorte com o atendimento senhor motorista!
 
Diego Silva em 14/11/2012 07:03:03
QUE CENA TRISTE E ASSUSTADORA; MAIS UMA VIDA CEIFADA...PROVAVELMENTE PELO DESCUIDO E IMPACIÊNCIA. CUIDADO NESTA RODOVIA NUNCA É DEMAIS.DEUS CONFORTE ESTA FAMÍLIA E ACOLHA -O EM SEUS BRAÇOS.
 
Isabel Vilela em 14/11/2012 00:59:45
a vitima do microonibus se chamava Rui um senhor de muito chão rodado tinha muita noção de estrada já o condutor da carreta não podemos dizer o mesmo tanto por a sua idade 23 anos acredito eu que com muita pouca esperiencia em estrada.
 
marcia silva em 13/11/2012 23:02:23
Há muitos carreteiros irresponsáveis tbem, viajo sempre de campo gde para nova andradina
e ja me ultrapassarão e eu estava a 140 km/hr, veja bem meu carro é um 2.0, pra um caminhão é muito né . lembrão da campanha dos faróis hummm ... tem camioneiro q nem a noite acende !!!
 
ROBERTO RODRIGUES PAULINO em 13/11/2012 21:38:22
O Paulo, manda aferir esse teu radar que ele certamente esta descalibrado. e vê se ti informas melhor sobre o que acontece nas nossas estradas. Não me lembro de outro acidente envolvendo microonibus do trasporte alternativo por aqui. Aliás esse dai não
estava fazendo transporte nenhum de passageiros. Se atualiza !!
 
Jorcelino Rocha em 13/11/2012 20:34:38
para dirigir uma carreta no minimo o motorista tinha que ter experiençia de dez anos de carteira.um jovem de 23 anos nao tem tanta experiençia assim na estrada e quando tem um obstaculo na frente nao sabe reagir a tempo ppara evitar o acidente.olha a dica ai contram.
 
nilton sabinojrjr em 13/11/2012 19:21:38
eu presenciei o acidente, o microonibus era 0km estava semdo transportado para entrega ao proprietário, portanto, não faz transporte alternativo.
 
Manoel de Matos em 13/11/2012 19:11:09
Quem fiscaliza os microonibus que fazem transporte alternativo do interior para a Capital ?
Há uns dias atrás, na rodovia BR-262, entre Ribas do Rio Pardo e Campo Grande, fui ultrapassado por um desses microonibus que estava, certamente, a mais de 140 km/h.
 
Paulo Amaral em 13/11/2012 18:34:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions