A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

06/06/2011 15:25

Acidentes em rodovias mataram nove pessoas em três dias

Nadyenka Castro

Maioria das vítimas era condutor

Motorista de Gol morreu ao bater carro em carreta canavieira, na MS-141.(Foto: Umberto Zum)Motorista de Gol morreu ao bater carro em carreta canavieira, na MS-141.(Foto: Umberto Zum)

O fim de semana foi marcado pela violência nas rodovias de Mato Grosso do Sul. Foram pelo menos oito acidentes fatais, que deixaram nove mortos, entre sábado e a manhã desta segunda-feira.

Entre as pessoas que morreram há apenas uma mulher e a maioria era quem conduzia o veículo. Muitos são caminhoneiros. O domingo foi o dia mais violento.

No sábado morreram José Carlos Delafiare, 38 anos, e Manoel Garcia Ferraz, 67 anos, O primeiro foi a óbito na BR-163, em Mundo Novo, e conduzia uma carreta. O segundo dirigia uma D-10 pela BR-267, em Bela Vista.

No domingo foram registrados cinco óbitos em quatro acidentes, sendo três deles envolvendo caminhão. O mais grave aconteceu no início da noite de ontem na BR-163, em Bandeirantes, e não em São Gabriel do Oeste como havia sido divulgado anteriormente.

O acidente foi uma colisão entre um Fox e uma carreta. Os dois veículos pegaram fogo e as duas pessoas que morreram - uma mulher e um jovem - estavam no carro de passeio e foram carbonizadas.

Entre Naviraí e Ivinhema, na MS-141, a colisão entre um Gol e uma carreta canavieira matou José Aparecido dos Santos, 31 anos, motorista do carro de passeio.

Já na manhã desta segunda-feira foram dois óbitos em acidentes em rodovias. Um deles, na BR-163, entre Rio Verde e Coxim, matou um caminhoneiro e o outro, em Bela Vista, o prefeito de Antônio João, Juneir Martinez Marques (PSDB), 46 anos.

Carreta carregada de cerâmica tomba em curva e motorista morre
Ele ficou preso às ferragensEdinelson Rodrigo de Souza, 31 anos, morreu em acidente ocorrido por volta das 23 horas deste domingo, na MS-306, em Cost...
Duas pessoas morreram carbonizadas em acidente ocorrido na BR-163
Uma vítima foi identificada Rogéria Bueno Junqueira de Souza e um rapaz, ainda não identificado, morreram carbonizadas por volta das 19 horas de ont...



Meu comentario é este viajo sempre para Nova Andradina Campo Grande e o que eu vejo nestas estradas fico ate com medo porque eu respeito o limite de velocidade da rodovia so que eu fico sozinho no pista porque as camionetes anda a mais de 180 km por hora principalmente entre casa verde e n. andradina neste 60 quilometro parece que não tem fiscalização nenhuma o porque são todos fazendeiros e acham que Dinheiro compra a Vida.
isso ai é o problema dos acidentes achar que Dinheiro compra tudo cuidado meus amigos quando nós assumimos um volante ja estamos correndo risco de Vida. Lembre que vida deus so deu uma para cada pessoa. josé de guarulhos sp.
 
José Rodrigues Sobrinho em 22/12/2013 09:43:28
Este fim de semana, retrata mais uma vez o despreparo dos motoristas, que vem se agravando ao passar do anos. Presenciamos Motoristas despreparados, com falta de atenção, Embreagados, Sonolentos e em velocidade acima do permitido em todas as vias (urbana e rodoviária), Presisamos que os as policias de transito viscalizem e controlem o abuso dos motorista e principalmente precisamos que os motoristas se concientizem eu começem a respeitar as vidas de suas familias e dos outros motoristas.
 
Bruno Batistoti - CAC em 08/06/2011 12:45:26
Porque as rodovias do estado são tão violentas? seria imprudência dos motoristas ou o
uso de bebidas alcoólicas? se a policia colocasse em cada 300km um ponto de fiscalização tanto eletrônica como fiscalização alcoólica que seria o teste do bafômetro melhoraria muito, reduziria boa parte dos acidente tanto com o excesso de velocidade dos motoristas ou até mesmo ultrapassagens perigosas. Hoje tanto motorista quanto o piloto não se respeitam mais, que está faltando é Educação e paciência, pois eles com essa atitude estão colocando a sua própria vida em perigo!

 
Viviane Larrea - CAC em 08/06/2011 01:06:50
Muitas vidas poderiam ser preseservadas, se não houvesse tantos motoristas imprudentes, sempre viajo na rodovia, e fico indignada com tanto descaso por parte dos motoristas em relação a sinalização, a pressa e o egoismo superam os valores humanos, ultrapassam onde é proibido, velocidade alta, e desvalorização da vida, tão imbecis, acham que a rodovia é so deles e levam vidas nessa irresponsabilidade...é lamentável....
 
daniela rodrigues em 07/06/2011 12:21:39
se tivesse varios pontos de fiscalização com aparelhos para combater o uso de drogas e bebidas alcoolicas reduziria 80% os acidentes, tem muito motorista drogado e bebado nas rodovias que tem problemas acha que não tem mas nada a perder e sai ai fazendo loucura e matando inocentes .
 
sergio bordim em 07/06/2011 11:54:19
Enquanto não aumentar a fiscalização nas rodovias, principalmente na BR 163 que é um suicídio trafegar por essa rodovia, a tendência é piorar....Tem muito condutor viajando drogado e bêbado..por isso a fiscalização tem que ser intensiva....alguma providência tem que ser tomada e urgente.......
 
Rosangela Carvalho em 07/06/2011 08:41:53
Podemos resumir isso tudo com poucas palavras, irresponsabilidade, imprudência e ousadia da parte dos motoristas em se envolver em tantos acidentes, levando a morte de famílias inocente, as autoridades como a Polícia Rodoviária Federal deveria tomar providências radicais impondo o uso de fiscalizações eletrônicas com frequências e blitz com teste de bafômetro para poder diminuir o fluxo de acidente em BR, é basicamente isso que se deve ocorrer.
 
Rafael Rocha - C.A.C em 07/06/2011 08:34:45
70% dos acidentes de trânsito ocorre por excesso de velocidade .A situação com relação aos acidentes de trânsito não só no estado mas em nosso país é chocante. Todos os dias são inúmeros os que acontecem, e geralmente a maioria é causada pela imprudência de alguma pessoa, seja ela motorista ou pedestre. O pior são as consequências que acarretam esses atos, que podem ser desde marcas físicas ou psicológicas ate mesmo a morte.Ultrapassagens perigosas, velocidade aliada com bebidas alcoólicas, o não respeitamento de faixas de segurança por pedestres, a violação de sinais de trânsito, etc, são coisas que cabe a nós resolver e dar um fim, pois é um desrrespeito aos outros, e assim, diretamente um desrrespeito a nos mesmos.
 
Karen Maysa CAC em 07/06/2011 06:12:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions