A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

21/11/2011 14:34

Adolescente que estava ao volante de carro pode responder por homicídio doloso

Viviane Oliveira

Veículo, que tinha 7 ocupantes entre 15 e 17 anos, capotou no sábado e um deles morreu. Há suspeita de que estivessem embriagados

O veículo capotou por três vezes.(Foto: Fernando da Mata)O veículo capotou por três vezes.(Foto: Fernando da Mata)

O adolescente de 15 anos que se envolveu em um acidente no último sábado (19), onde um jovem morreu e seis ficaram feridos pode responder por homicídio doloso. A informação é da delegada da Deaij (Delegacia Especializada em Atendimento a Criança e Juventude), Maria de Lourdes Cano.

Segundo a delegada, se for comprovado que ele estava dirigindo alcoolizado e em alta velocidade o jovem pode responder por dolo eventual, isto é, quando não tem a intenção de matar, mas assume o risco em razão da conduta perigosa. Os pais podem responder por omissão de cautela.

As investigações já foram iniciadas para esclarecer os fatos. Maria de Lourdes explica que nos últimos três meses foram 97 ocorrências envolvendo adolescentes na direção de veículo automotor, desses 10% se envolveram em acidentes.

A maioria dos jovens é de classe média e alta. Conforme Maria de Lourdes os pais quando vão à delegacia afirmam que o filho pegou a chave do carro escondido, sem autorização deles. “No decorrer, as investigações apontam que o dono do veículo tinha conhecimento e permitiu que os filhos dirigissem”, afirma.

Conforme ela, se o adolescente dirige é porque alguém ensinou. “Os pais alegam que tem chácaras e fazendas e que ensinaram os adolescentes pegar no volante na estrada de chão. É completamente diferente dirigir em estrada e em via pública”, questiona.

No carro foram encontrados cinco garrafas de cerveja. (Foto: Fernando da Mata)No carro foram encontrados cinco garrafas de cerveja. (Foto: Fernando da Mata)

No carro foram encontradas cinco garrafas de cerveja de um litro, três cheias e uma quebrada e dois celulares. Em um dos aparelhos uma mensagem que estava sendo escrita foi interrompida no momento do acidente. “Nós vamos investigar o conteúdo dessa mensagem e quem estava manuseando o aparelho”, explica Maria de Lourdes.

Amanhã será ouvido os pais do garoto que conduzia o veículo, e os jovens, de 15 e 17 anos, que já estão em casa.

Acidente - Os adolescentes eram passageiros do veículo Honda City, conduzido por um menino de 15 anos. Ele perdeu o controle do carro ao tentar fazer uma curva na avenida Ministro João Arinos, saída para Três Lagoas, bateu em uma árvore e capotou várias vezes.

No veículo estavam sete meninos que foram todos arremessados para fora do carro. Um deles, José Eduardo Menegat Tavares Manzione, 15 anos, morreu na hora. Os outros foram encaminhados para o hospital.

No local do acidente foram encontradas, aproximadamente, cinco garrafas de cerveja. Segundo o Corpo de Bombeiros, todos os ocupantes estavam sem cinto de segurança.

Saúde - Três dos quatro adolescentes feridos no acidente de trânsito continuam internados na Santa Casa. O adolescente de 16 anos está na emergência e aguarda vaga para o CTI (Centro de Terapia Intensiva).

O jovem de 15 anos que conduzia o veículo fez uma cirurgia no fêmur, uma no Buco Maxilar Facial (boca) e respira com ajuda de aparelhos. O outro menino está na enfermaria e não corre risco de morte. O quarto garoto está na Clinica Campo Grande e não foi informado o estado de saúde dele.




A morte, a perda de alguém doi muito, o que ameniza um pouco da dor e traz conforto e paz é quando lembramos que fizemos de tudo, avisamos, orientamos, fomos exemplos, gastamos muito tempo ensinando.... mas não conseguimos... se este não for o caso, resta arrepender-se diante de Deus, q dará paz e o conforto em saber que esta morte servirá de exemplos para os que ficaram vivos!!!!
 
suelen Almeida em 22/11/2011 12:41:55
Pais, que não amam libera tudo, não somente veiculos mas a iresponssabilidade tambem, a dor vai ser eterna e o lamento atrasado não vale de nada agora.
educação e tudo!!!!!
 
Ricardo Abreu em 22/11/2011 12:38:23
COM A FACILIDADE QUE SE TEM DE COMPRAR BEBIDAS ALCOOLICAS, SEMPRE ACONTECERÁ TRAGÉDIAS QUE PODERÁ ACONTECER COM QUALQUER PESSOA. O CERTO É PROIBIR A FABRICAÇÃO E VENDA DE BEBIDAS, COMO É PROIBIDO COM A DROGAS ILICÍTAS. SÓ QUE O GOVERNO NÃO TEM INTERESSE EM PROIBIR A FABRICAÇÃO PORQUE HÁ MUITOS INTERESSES $$$$$$$.PORTANTO, NÃO PODEMOS CULPAR PAIS E JOVENS QUE BEBEM MUITO. O CASO É DE SAÚDE PÚBLICA.
 
JOAO CARLOS OLIVEIRA em 22/11/2011 12:25:59
... é claro que só dói quando a vítima é de dentro de casa, QUANDO A VÍTIMA é inocente (considerando que que bebe e dirige não é vítima é autor), quando há atropelamentos com vítimas muitas vezes fatais... a única preocupação da família é contratar um bom e caro advogado... T.em R.azão A.quele D.itado que diz: a única dor é a dor da gente...
 
MACIEL TIERRAMADRE em 22/11/2011 12:18:06
Falta de controle, desrespeito e auto-confiança excessiva de adolescente, tudo isso resolve com uma coisa = SURRA! Foi assim há gerações, pq agora nao daria certo?
 
Caroline Dourado em 22/11/2011 12:18:05
A morte, a perda de alguém dói muito, oque as vezes ameniza um pouco, traz um pouco de paz, é quando vamos lembrando de tudo que fizemos, tentamos, gastamos tempo corrigindo, ensinando, orientando, sendo exemplo e mesmo assim não conseguimos.... Espero que os pais possam gozar dessa paz, caso contrario só terão paz quando entenderem q vão servir de exemplos para os que estão vivos...
 
suelen almeida em 22/11/2011 12:11:27
de que adianta gastar dinheiro com miniatura de cidade e trânsito (detranzinho), se quando na adolescencia chegam os hormônios de detonam aquela passividade, torna-se SEXUALMENTE MAIS ATRATIVO aquele que transguide, aquele que abusa, na portaria de qualquer faculdade de Campo Grande existem verdadeiras apologia ao álcool (folhetos/festas), redes sociais...
 
MACIEL TIERRAMADRE em 22/11/2011 12:10:16
é facinho ,passe a maior idade pra 13 anos,barbaridade.ai o condutor sairia do hospital direto pra cadeia .
 
eduardo serra em 22/11/2011 11:07:24
Exemplo começa em casa; barzinho é chique tem em casa no canto nossa lindo seu bar, assim começa e vai longe, crianças vendo e achando BONITO. Quando elas crescem acham normal ter barzinho em casa e beber uísque, vinho, cerveja...Exemplo se vem de casa não se esquecem : tenho 3 filhos: 18anos 15anos 7anos. A menina tem carteira, mas antes de tirar nunca deixei dirigir. Meu menino de 15 nem pensar.
 
Célia Campos em 22/11/2011 10:40:25
Dizer, agora de quem era culpa nao ira mudar esta fatalidade, adolescentes acreditam serem sabedores de tudo, nao estao pensando se correm ou nao risco de morte, sabemos disso tambem fomos adolescentes acreditam que nada acontecera com eles sao imbativeis. Ensinar ou nao os filhos dirigir cedo ou tarde nao faz dos pais culpados, temos ai no comercio brinquedo motorizados, muito aprendem sozinhos
 
Rosa Maria em 22/11/2011 09:53:02
Dizer quem tem punir o varejista que vende a cerveja não tem nada a ver, dizer também que é culpa da "idolatria" que a região tem com a bebida também não tem nada a ver, bebidas são consumidas no mundo todo, o que diferencia é a forma a quais são consumidas e por quem são consumidas. Esse caso se trata de irresponsabilidade dos pais do garoto que liberaram o carro (cont...)
 
Antonio Carlos Azuaga em 22/11/2011 09:36:55
Aprendi a dirigir o carro na fazenda também, no entanto meu pai nunca deixou eu tocar no carro em vias publicas. Não acho que isto seja crime, aprender a dirigir em fazenda, o crime esta associado a falta de disciplina e ao álcool. Lamento que isto tenha ocorrido!
 
Eber Medeiros em 22/11/2011 09:30:13
Quem somos nós para julgar os pais, nenhum pai quer o mal de seu filho, que as vezes erram achando que está acertando, será que que nós, que estamos julgando, fazemos o certo com nossos filhos????? Esse tipo de fatalidade serve para nos alertar e rever certos conceitos...
 
Naiara Ajala Strello em 22/11/2011 09:15:41
QUEM ENSINOU DIRIGIR AUTOMOVEL ENSINOU A BEBER ALCOOL TBM.........RESPONSABILIDADE TOTAL PARA TODOS OS PAIS.....QUE DEIXARAM DE ENSINAR REGRAS BASICAS DE CONDUTA E MORAL............LEIS DEVEM SER CUMPRIDAS SEJAM EM ZONAS URBANAS OU RURAIS............NAO APENAS AOS OLHOS DAS AUTORIDADES POLICIAIS OU JUDICIARIAS.
 
CELSO CALIXTO em 22/11/2011 09:06:45
Carro luxuoso na mão, dinheiro a vontade p/ comprar e ingerir bebidas, liberdade p/ dirigir irregularmente e os pais não sabiam de nada? "Oh, coitados!" . Esta, nem brasileiro acredita. Estes meninos, desde o dia em que nasceram viram seus pais bebendo, pois as famílias comemoram tudo com bebidas e a culpa pelas tragédias são dos outros?
 
Gláucia Chaves Brito em 22/11/2011 08:36:13
Adolescente que estava ao volante de carro pode responder por homicídio doloso
AHHHH!!!!
Não acredito que tenha sido a delegada que tenha dito isso.
Segundo o artigo 228 da Constituição, in verbis "São penalmente inimputáveis os menores de dezoito anos, sujeitos às normas da legislação especial.".
Eesponderá a quê mesmo??????
 
Franz Kafka em 22/11/2011 07:00:13
Nessa mesma BR, não faz muito tempo morreu uma mulher,parece que jogou o carro em cima de um caminhão ou coisa parecida.
 
Lucas da Silva em 22/11/2011 03:12:51
Amigo Jorge Andraus de Mello,não creio muito em numerologia,mas essa de 7 cervejas,uma quebrou,2 sem tampa,seria sequélas? e 4 ficaram inteiras! e os meninos envolvidos na mesma quantidade,(7) ufa!....dá o que pensar,me dá até um frio na espinha.Que Deus ampare os outros seis meninos, e de conforto para as familias.
 
Roselina Correia em 22/11/2011 03:08:45
ontem, um pai caminhava na calçada com seu tres filhos, e uma das crianças foi emprenssada junto ao muro, por um carro dirigido por uma garota de 15 anos, ta hospitalizada e teve a perna amputada brutalmente....há não podemos julgar, povo brasileiro! vamos aplaudir esses absurdos!! me poupem da hipocresia!!!
 
daniela dias em 22/11/2011 01:43:54
"Erramos por amor" essa frase não tem nem um pingo de verdade, erramos por falta de amor, pois se o tivéssemos, diríamos não quando fosse necessário, para formar indivíduos de bom caráter, sujeitos as regras e respeito ao próximo.
 
JOSE ANTONIO em 22/11/2011 01:43:06
Acho que os governantes deveriam proibir a circulação de carros e todos andarmos de bicicleta.
 
Luiz Flamia em 22/11/2011 01:25:36
aff tolerancia 0 para eses pais q fazem vistas groça p esse moleque!!!!
 
ANDERSON MARTINEZ FERREIRA em 21/11/2011 11:13:19
Se cada um que agora aponta o dedo fizesse uma oração pelas famílias, pelas crianças e pelo Eduardo que se foi, se sentiria melhor do que tentar achar culpados. Na verdade erramos por amor e não omissão ...
 
Lara cardoso em 21/11/2011 10:57:40
A QUESTAO PRINCIPAL MEUS AMIGOS É A NOS TERMOS A CERTEZA DE QUE SO ACONTECE COM O VIZINHO, AMAR NAO E SOMENTE AFAGAR, BEIJAR, ABRAÇAR E ADORA-LOS. TEMOS TAMBEM QUE SER DUROS QUANDO ELES ACHAM QUE JA SABEM MAIS QUE NOS PAIS, TENHO 29 ANOS E HOJE E VEJO O QUANTO ERA MENINO QUANDO TINHA 18 ANOS E PEGUEI UM CARRO PELA PRIMEIRA VEZ. OS PAIS JA FORAM PUNIDOS!!!! DEUS OS CONFORTEM
 
ERICK AZEVEDO em 21/11/2011 10:39:33
Porque nos assustamos com fatos que são reincidentes? Todos somos culpados e coniventes, assumimos os riscos todos os dias e nem nos importamos com os resultados. Governantes corruptos, sociedade hipócrita, justiça imparcial. Famílias sem estrutura, filhos mal educados, pais omissos. A raça humana chora seus entes queridos perdidos para sua própria ignorância. Aonde queremos chegar?
 
José Mauro Furlan em 21/11/2011 10:32:31
ESSA LEI DE NAO PERMITIR Q OS PAIS BATAM NOS FILHOS DA NISSO ADOLECENTES Q ACHAM Q SE MANDAM E PODEM TUDO ACORDA BRASIL
 
RENATA DREW em 21/11/2011 10:29:52
Será que os responsáveis por esses jovens vão ficar impunes ou ficarão sem ser identificados por sua posição social? Se fossem jovens de classe baixa, com certeza já estariam expostos. Mas a família desses jovens com certeza pagará fiança e nada acontecerá. Enquanto não for considerado crime inafiançável, o quadro não irá mudar, pois os filhinhos de papai podem fazer o que quiserem no trânsito.
 
Sandra Dias em 21/11/2011 10:28:17
não podemos dizer que os pais educam seus filhos pra fazerem coisas erradas,apenas devemos pedir que as familias e as vitimas tenham toda a proteção de Deus, atirem a primeira pedra aquele que nunca errou. protegidos estavamos no ventre de nossas mães, fora estamos espostos a todo tipo de risco. é claro que devemos fazer de tudo pra evitar tais acontecimentos,mas não devemos execrar os pais.
 
claudio martins em 21/11/2011 10:25:19
O Garoto que está na Clínica Campo Grande passa bem... Já foi encaminhado para o Apartamento.
 
José Henrique Zanoni em 21/11/2011 10:18:14
Realmente é verdade que DEUS abençoe muito essas famílias que devem estar sofrendo muito, mais é como a delegada de Polícia dotora Maria de Lurdes falou: os pais não cuida dos seus filhos, deixa eles tarde da noite ou de dia nas ruas ou em festas, e não vão atrás prá ver quem são suas companias.a delegada devia pedir a prisão dos pais do menor de idade, eles é quem devia ir pra cadeia pra aprender
 
marcio de paula em 21/11/2011 10:06:40
Tudo faz parte de um conjunto,a bebida,o excesso de liberdade dada pelos pais...A coisa funciona assim: Se meu pai ou minha mãe me deixa dirigir e emprestam o carro ou a moto para eu sair mesmo eu sendo menor de idade ,sem habilitação sem nenhuma responsabilidade ,eu posso tudo...posso beber,posso fumar, também posso correr muito e posso acabar com minha vida e com a vida dos outros que também.
 
solange gomes em 21/11/2011 09:32:18
Toda vez que vejo uma fatalidade dessa, meu coraçao bate acelerado e com muito pesar. Pois tenho filho de vinte e um anos. Só quem é mãe, entende o que esses pais estão sentindo nesse momento de aflição e desespero. Quero deixar aqui, o meu pesar e hoje vou rezar para que esses pais tenham a força do Deus maior em seus corações.
Pais ! Abracem seus filhos hoje por estarem vivos !
 
Larissa Nascimento de Souza em 21/11/2011 09:07:41
Punir os pais, as lojas de bebida e/ou os próprios adolescentes não vai resolver o problema. A solução é desfazer toda a CULTURA DE IDOLATRIA AO ÁLCOOL que se estabeleceu em nossa região. E isso não se faz da noite para o dia.
 
Ricardo Yuji Mise em 21/11/2011 08:58:30
Tinha 7 garrafas de cerveja.
Uma garrafa quebrou.
Duas ficaram sem tampas.
Quatro estavam cheias ainda.
 
Jorge Andraus de Mello em 21/11/2011 07:36:23
os culpados são os pais SIM!!! Nem adianta colocar a culpa em quem vendeu a bebida, na estrada ou em qualquer outra pessoa ou órgão. O que mais vemos são pais omissos, tão CHORANDO agora pq um garoto morreu e os outros estão feridos, queria ver se os mesmos tivessem matado alguém eles seriam os primeiros a defender, e outra coisa quem pega um carro escondido é LADRÃO! CADEIA nos pais!
 
sandra cesznekl em 21/11/2011 07:20:20
Lamento pela morte desse adolescente. Mas a bebida se faz presente na vida de muitas famílias, incluindo adolescentes e até crianças. SENHORES PAIS cuidem melhor de seus filhos. não deixe esse encargo a outros, tais como: - escola, polícia, conselho tutelar, governo, etc. A responsabilidade primeira e maior é de voces. Não queiram transferir suas responsabilidades. Acordem enquento há tempo
 
NEUSA SOARES em 21/11/2011 06:51:22
Me desculpem, mas antes o acidente ter acontecido somente com os irresponsáveis do q mais p frente em alguma outra via estes mesmos ceifarem a vida de inocentes q ñ tem nada a ver com a ma educação q esses adolescentes tiveram. Dói? sim, é lógico. Mas os pais tem culpa nisso, agora terão q conviver com essa dor. Quem sabe mais essa "mensagem" p os pais q "nunca" veem seus filhos levarem as chaves.
 
Luci Fernandes em 21/11/2011 06:32:46
Campo Grande esta cheio de motoristas imprudentes e irresponsaveis, muitos pais se limitam a não " ver " o que os filhos andam fazendo. A maior parte dos campograndenses acham normal furar sinal, andar correndo não respeitar as leis so transito, quando se envolvem em acidentes cuja as vitimas são os proprios, não adianta chorar ou lamentar-se...
 
Renato Santos em 21/11/2011 05:46:57
O povo brasileiro tem que parar de julgar, Porque, em vez de voces ficarem julgando por que nao vao dar um apoio para os familiares dessas vitimas. A familia ja estao sofrendo com a morte de uma criança, ai voces veem um acidente desse e fica com picuinhas, tem que parar com isso voces tem que ter mais sabedoria nas palavras de cada um. Eu espero que Deus dê muita sabedoria para a familia deles.
 
Renato Corrêa em 21/11/2011 05:42:41
de certo nem os pais deste jovem devem ter visto ele pegar o carro, hoje esta difícil criar filhos, temos que impor limites a tudo porque senão acaba em tragédia como esta e tantas outras que já aconteceram, o melhor é tentar segurar o máximo nossos filhos em casa, sair sempre em nossa companhia principalmente nesta idade que eles se acham os donos da razão, e carro só qdo forem maiores.
 
fabíola chociai em 21/11/2011 05:22:42
OLHA PESSSOAL O FOCO NÃO É QUEM VENDEU A BEBIDA, MAIS SIM A FALTA DE RESPONSABILIDADE DESTES JOVENS, E MUITO MAIS DOS PAIS QUE SE OMITEM, E NÃO COBRAM RESPONSABILIDADES DOS FILHOS, IMAGINAM QUE O DINHEIRO COMPRA TUDO......OU SERÁ QUE ESTES PAIS DE TODOS ELES NÃO SABIAM QUE OS FILHOS IAM PARA AS FESTINHAS E BEBIAM, E DIRIGIAM.....A FALA SÉRIO E ESTES PAIS ACREDITAM EM CONTO DE PAPAI NOEL TB......
 
marilene maluff em 21/11/2011 05:00:01
È muito difícil hoje em dia criar filhos, pois, pais estão mais preocupados em ganhar dinheiro, alcançar estatos do que dar uma boa educação para seus filhos, assim na falta de tempo pra dar educação, atenção, enche de mimos para compensar a ausência, e no fim acontece esse tipo de coisa, meninos ainda sem idade para estar atrás de um volante fazendo loucuras.
 
Suelen Ribeiro em 21/11/2011 04:50:39
é direito da industria divulgar seus produtos, porem é tambem nosso direito de discordar do consumo, principalmente por jovens que ainda não possuem controle sobre seus naturais impulsos, portanto é covardia a mídia proteger a marca da bebida encontrada no veículo; e mais, cabe tambem às autoridades encarregadas do inquérito investigar, identificar e punir na forma da Lei, o fornecedor varejista.
 
Paulo H Belizario em 21/11/2011 04:36:50
Não faço apologia á falta de responsabilidade. É preciso sim orientar, educar, seguir leis e regras sociais. Mas num tempo em q quando se altera a voz c/ um filho vc está sujeito a responder a processo, num tempo em q filhos matam os pais e pais abusam de s/ filhos, é praticamente um milagre manter uma família em equilibrio com filhos dentro do padrão moral adequado. Que a justiça prevaleça!
 
claudia pereira da costa faustino em 21/11/2011 03:56:12
Há alguns anos atrás houve um acidente parecido nesta mesma pista, onde 5 jovens perderam a vida, numa curva, o veículo desgovernado colidiu com um caminhão parado e pegou fogo. Fui ao velório de 1 das vítimas, dar apoio a mãe, trabalhávamos juntas na época. Foi horrível, imagino a dor destas famílias e destes jovens tb. Parece fácil julgar para quem apenas observa. Que Deus reestabeleça a todos!
 
claudia pereira da costa faustino em 21/11/2011 03:49:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions