A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

13/12/2013 20:04

Agetran diz que multa recebida por professora pode ser questionada

Filipe Prado

A multa recebida por professora, após ter sido induzida por agente de trânsito a “furar” o sinal fechado, pode ser questionado na Jari (Junta Administrativa de Recursos de Infração) da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). Joyce Torres Silva, 31 anos, relata que o “amarelinho” deu ordem para que ela passasse no sinal fechado.

Veja Mais
Agente dá ordem de passagem em sinal fechado e professora é multada
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco

De acordo com a assessoria de imprensa, a multa pode ser invalidada, mas ela tem que ser questionada e avaliada pela Jari. “Qualquer multa que for aplicada a um condutor pode ser questionada na Junta Administrativa de Recursos de Infração (Jari), na Agetran”, explica.

Caso – Ontem (12) a professora recebeu uma multa de R$ 193. Ela conta teria sido induzida a cometer a infração pelo agente de trânsito, pois ele deu ordem de passagem, mesmo com o sinal fechado.

A professora explica que não percebeu o ato até a chegada da multa. “Fiquei brava, não passo no sinal vermelho, foi uma exceção. Não acredito que a responsabilidade seja minha”, reclamou Joyce.




A agetran nao tem que pedir a professora questionar absolutamente nada eles tem o dever e a obrigaçao de anular a multa automaticamente tendo em vista que nao foi erro dela e sim dum incompetente e mau preparado agente de transito
 
LEONILSON SILVA em 17/12/2013 09:48:01
Eu acredito que esses amarelinhos eles são cobrados pela propria agetran a fazer uma quantia x de multas para manter a entidade que não serve pra nada éeee eu acredito que aquele prédio deve ser alugado . Como nosso dinheiro é mau aplicado para min esses amarelinhos não serve pra nada teriam que colocar eles pra tampar esses malditos buracos pegar na enxada, pintar os nossos queridos quebramolas ,arrancar essas malditas caçambas assasinas das ruas e nessas caçambas estão o ilustre telefone da agetran é vergonhoso e muitas vezes fatal para nossos filhos, acorda autoridades faça algo de util para o povo chega de arrancar nosso dinheiro suado.
 
paulo macia em 14/12/2013 01:54:35
No dia da corrida das nações, meu marido indo para o clube, foi orientado pelo guarda de trânsito a entrar na contra mão.Recebemos a multa e tivemos de pagar.A professora pode tirar o dinheiro, pois esse papo de retirar a multa é mentira.Procuramos nossos direitos e não achamos.
 
Enaura C Freitas em 13/12/2013 20:54:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions