A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

08/08/2015 08:42

Alegando falta de placa, estudante atravessa canteiro e atinge árvore

Filipe Prado
O carro atravessou o canteiro e colidiu contra o muro (Foto: Fernando Antunes)O carro atravessou o canteiro e colidiu contra o muro (Foto: Fernando Antunes)

Uma mulher atravessou o canteiro central da Avenida Toros Puxian, extensão da Interlagos, e atingiu uma árvore em frente à uma casa na madrugada deste sábado (8), por volta das 6h, na Vila Morumbi. A universitária de 19 anos, que não teve o nome divulgado, sofreu um corte na cabeça.

Veja Mais
Caminhonete invade contramão, fura sinal e causa colisão na Bahia
Adolescente que colidiu em caminhão estava com moto irregular

A mãe da vítima, Sônia Martins Roesner, 51, contou que a menina seguia pela Bom Pastor, com um veículo Saveiro, sentido bairro, para levar um amigo até a sua casa. No cruzamento com a Avenida Toros Puxian, ela não parou, então perdeu o controle do veículo ao atingir o canteiro e colidir com a árvore, do outro lado da via.

Sônia assegurou que o acidente ocorreu por conta da falta de sinalização vertical e horizontal no cruzamento. “Eu exijo que coloquem uma placa aqui. Não é a primeira pessoa que faz isso”, comentou. Ela relatou que a placa de "pare" faria a diferença, mesmo que no local haja outro tipo de sinalização, conforme percebeu a reportagem.

A mulher sofreu um corte leve e foi atendida pelo Corpo de Bombeiros, encaminhada para o UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Universitário.

A frente do veículo ficou totalmente destruída, mas a mãe apontou que possui seguro. Ainda revelou que vai entrar com um processo contra a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), pela falta de sinalização no cruzamento.

A frente do carro ficou destruída (Foto: Fernando Antunes)A frente do carro ficou destruída (Foto: Fernando Antunes)



O que acho mais engraçado em tudo isso, é a culpar a sinalização, por um problema causado não pela sinalização, sem contar a história de não divulgar o nome do condutor, mais divulgar o nome da mãe da condutora !!!, ou seja vamos que vamos, vamos habilitar pessoas com 16 anos acima que acham, assim oficinas, hospitais, e seguradoras e "Detrans" estariam no lucro, vamos lá, todos tem experiencia em condução de veículos!!!
 
Sidnei Antonio dos Santos em 08/08/2015 09:40:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions