A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

19/10/2014 09:47

Apesar de cobrar respeito no trânsito, pedestre não usa botão de travessia

Alan Diógenes
Alguns pedestres não usam ou desconfiam do funcionamento das botoeiras. (Foto: Marcelo Calazans)Alguns pedestres não usam ou desconfiam do funcionamento das botoeiras. (Foto: Marcelo Calazans)

Não é de hoje que trânsito é uma divergência entre motoristas e pedestres de Campo Grande. Quem anda pela cidade, reclama do desrepeito dos condutores. Mas um dos mecânismos criados para privilegiar os pedestres acabou esquecido por eles mesmos. Muitos não usam, não sabem, ou desconfiam do funcionamento dos sinais de pedestres, conhecidos como botoeiras. 

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Em frente ao Shopping Norte Sul Plaza, o Campo Grande News constatou que as boateiras estão funcionando normalmente, mas quase não são acionadas. O usuário deveria apertar o botão e depois de cinco segundos o sinal fecharia para os motoristas, permitindo ao pedestre atravessar na faixa da avenida Ernesto Geisel em um período máximo de 14 segundos.

Questionado se utiliza a botoeira para atravessar, o auditor de loja Geovane Oliveira, de 18 anos, jurou que sim. Mas é fácil perceber que mesmo com o sinal aberto para os motorista, os pedestres acabam atravessando a avenida. Geovane confessou que faz isso, mas explicou que é por causa da pressa.

“Certo eu sei que não é, mas acabo fazendo por que sempre estou apressado para entrar no serviço ou para fazer outras coisas do cotidiano. É perigoso, pois os motoristas não respeitam muito os pedestres. Preciso mudar esse hábito”, comentou.

Cleonice que em um acidente o pedestre é quem leva a pior. (Foto: Marcelo Calazans)Cleonice que em um acidente o pedestre é quem leva a pior. (Foto: Marcelo Calazans)
Geovane sempre usa as botoeiras, mas raramente espera sinal abrir para atravessar. (Foto: Marcelo Calazans)Geovane sempre usa as botoeiras, mas raramente espera sinal abrir para atravessar. (Foto: Marcelo Calazans)

Já a dona de casa Brenda da Costa disse que nunca apertou o botão. Ela reclama que os motoristas muitas vezes avançam o sinal sem mesmo esperar os pedestres atravessarem. “Essa prática aumenta o risco de acidentes. Acredito que é uma falta de respeito e de atenção no trânsito”, explicou.

Concordando com o argumento de Brenda, a empregada doméstica Cleonice da Silva, 36, acha que os motoristas não respeitam os pedestres porque em caso de acidente não sairão feridos. “Em um acidente sempre quem paga é o pedestre que vai ficar machucado ou até mesmo morrer. O motorista não vai sofrer nada. Sem falar que toda vez que eles atropelam, não prestam socorro e ainda fogem do lugar”, mencionou.

O comerciante Joanil Vicente Carneiro, 40, apesar de ser motorista há anos, alegou que nunca furou o sinal. Ao contrário do que pensam os pedestres, ele disse que na maioria dos acidentes quem está errado é a pessoa que está a pé. “Eles quase nunca passam pela faixa de pedestres e sim pelo meio das avenidas. Então não podem cobrar muita coisa”, apontou.

Para a operadora de caixa Júlia Peralta, 21, o desrespeito é cometido tanto por pedestres como por motoristas. Ela reforçou que não existe organização no trânsito da Capital e nem fiscalização por meio dos órgãos competentes. “A conscientização tem que haver de todos os lados, se não nada irão mudar. O respeito tem que vir individualmente só assim teremos um trânsito perfeito”, finalizou.

Brenda confessa que nunca apertou o botão, mas assume que os motoristas não respeitam os pedestres. (Foto: Marcelo Calazans) Brenda confessa que nunca apertou o botão, mas assume que os motoristas não respeitam os pedestres. (Foto: Marcelo Calazans)



O sinaleiro para pedestre da Av Afonso Pena com rua 14 de Julho não funciona, pelo menos quando precisei eu apertei o botão, esperei, o sinal abril e fechou várias vezes para os carros mas não para os pedestres atravessarem. Seria bom a fiscalização ir até lá dar uma olhada. Já no sinaleiro da Av. Afonso Pena com a 25 de Dezembro o sinaleiro funciona,e, realmente a maioria dos pedestres não esperam o tempo para eles atravessarem,e os carros que vêm na 25 para virar na Afonso Pena são obrigados a parar para o pedestre atravessar, embora a preferencia seja dos carros. Porém, os carros que vêm na Afonso Pena ainda passam o sinal vermelho, invadindo o tempo que o pedestre tem para atravessar(17 segundos apenas). O problema é que ali é passagem de muitos deficientes visuais.
 
MarianaMalvezi em 20/10/2014 10:06:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions