A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

05/01/2012 16:59

Após 6 dias, vítima de acidente na rua Brilhante continua no CTI

Viviane Oliveira

Eles foram atropelados por um Fiat Uno, quando saíam de uma lanchonete. O motorista do veículo, Rafael não tinha CNH

Eles foram atropelados por um Fiat Uno, quando saíam de uma lanchonete. O motorista do veículo, Rafael não tinha CNH.Eles foram atropelados por um Fiat Uno, quando saíam de uma lanchonete. O motorista do veículo, Rafael não tinha CNH.

Quatro das cinco vítimas que foram atropeladas quando estavam em uma calçada, na madrugada do dia 31, na rua Brilhante, continuam internadas, na Santa Casa de Campo Grande, um deles está em estado grave na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

De acordo com a assessoria do hospital, Wanderley Roberto da Silva, 31 anos, continua internado na UTI respirando por aparelhos e o estado de saúde dele inspira cuidados. Maria Cleuza da Costa Cordeiro, 45 anos, já teve alta da ortopedia, neurologista e agora aguarda alta do clínico geral. O estado de saúde dela é estável.

Edilson Quadros Leite, 44 anos, vai passar por uma cirurgia na face na próxima terça-feira (10). Adrieli Hevi de melo Vaz, 19 anos, já passou por uma cirurgia e nesta sexta-feira (5) vai passar por outra cirurgia na perna esquerda.

O Caso - Eles foram atropelados por um Fiat Uno, quando saíam de uma lanchonete. O motorista do veículo, Rafael Freitas Silva, de 18 anos, não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e admitiu que havia bebido cerveja.

Rafael permaneceu no local do acidente, foi ouvido pela Polícia Civil e depois liberado. Ele se negou a realizar o teste do bafômetro e não foi feito auto de constatação da embriaguez.

Segundo testemunhas, o Uno vinha em alta velocidade quando o condutor perdeu o controle do veículo ao tentar ultrapassar um táxi, que trafegava no mesmo sentido.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions