A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

26/10/2012 10:50

Após acidente, moradores reclamam de cruzamento sem sinalização

Viviane Oliveira
A moto foi parar embaixo do caminhão de bebidas. (Foto: Minamar Júnior) A moto foi parar embaixo do caminhão de bebidas. (Foto: Minamar Júnior)

Uma motociclista de 22 anos ficou ferida em um acidente de trânsito na manhã desta sexta-feira (26) no cruzamento da rua Guiratinga com a Palestina, na Vila Palmira, em Campo Grande. No bairro os moradores atribuem os acidentes a falta de sinalização nos cruzamentos.

Veja Mais
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves

Kerollyn de Oliveira Silva, 22 anos, seguia na rua Palestina, quando foi atropelada por uma caminhão de bebidas, conduzido por Maxsander Siqueira Gonçalves, 23 anos. No cruzamento não tem nem um tipo de sinalização indicando qual é a preferencial.

O motorista disse que ainda tentou frear, mas não conseguiu evitar a colisão. Ele transportava 8 mil quilos de bebidas. “Ainda bem que não aconteceu nada mais grave”, destaca.

Kerollyn foi levada pelo Corpo de Bombeiros para a Santa Casa. Segundo o esposo dela, Rômulo Samúdio Loureiro, 24 anos, a suspeita é que ela tenha fraturado a perna direita.

Vizinho dali, José Silva Vargas, 61 anos, disse que toda semana tem acidentes na via. “Depois que começaram a pavimentar a avenida Julio de Castilhos o fluxo dos veículos veio todo para cá”, reclama.

O diretor de trânsito da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Janine de Lima, informou que para solicitar qualquer tipo de sinalização em bairros basta ligar para o número 118 do órgão.

“O morador pode ligar neste número e dar a sua sugestão. Nós agendamos e mandamos uma equipe no local para analisar qual tipo de sinalização mais adequada para a via.




... cama e vice-versa, uma vez que ela não pode mais fazer isso sozinha, assim como não pode tomar banho sozinha, nem ir ao banheiro, nem ir a faculdade, ir ao trabalho, nem fazer as refeições sem ajuda de alguém e etc. Contudo, caso queira, é só me dar o seu endereço que eu levo uma gelada bem redonda até você!
 
Rômulo Samudio Loureiro em 30/10/2012 01:04:40
... deixou uma pergunta pertinente. A vítima está bem ciente, agora, dos seus deveres no trânsito, já que está sentindo na pele, literalmente, as consequências da sua distração. Acredito que o motorista do caminhão também deve ter aumentado o seu nível de atenção no trânsito, que isso perdure por mais de uma semana pelo menos! Sr. Éder, o que o sr. poderia ou deveria fazer para melhorar o trânsito, além do que já tem feito, é fazer gestão para sinalizar as ruas da Vila Palmira, seria uma boa conduta! Sr. ramao galeano, gostaria de ter o prazer de conhecê-lo pessoalmente e trocar algumas experiências, mas pelo nível do seu comentário acho pouco provável que tenha dignidade para tanto. Gostaria também de convidá-lo, sr. ramao galeano, para me ajudar a transportar minha esposa do sofá para ..
 
Rômulo Samudio Loureiro em 30/10/2012 00:58:05
Em vários acidentes de trânsito identificamos que a causa não foi uma ação isolada e sim uma sequência de erros. Neste não foi diferente. Em primeiro lugar não há sinalização alguma neste cruzamento, em segundo está a falta de atenção da motociclista e em terceiro a falta de bom senso do motorista do caminhão, pois deveria estar em uma velocidade mais baixa já que trafegava em um bairro. Graças ao bom Deus não houve nenhuma vítima fatal, a única prejudicada foi a motociclista (minha esposa), agora com uma tíbia quebrada que após a cirurgia recebeu uma haste de platina e parafuso, e muitas escoriações pelo corpo. O sr. Marcos da Silva é um ótimo teórico, mas é provável que tenha visto a cena do acidente somente por foto. O sr Éder, a quem respeito e admiro o trabalho feito na AGETRAN, ...
 
Rômulo Samudio Loureiro em 30/10/2012 00:44:18
Ao querido idiota que fez o comentário da cerveja, queria te fazer uma pergunta: se fosse a sua mãe vc falaria isso também? Se vc não tem cérebro suficiente pra fazer um comentário decente não o faça!!
 
Kethiene Oliveira em 29/10/2012 20:39:00
Bom dia! Concordo com vc Marcos da Silva e demais colegas, o número de acidentes em cruzamentos sinalizados é de 34% e as colisões são do tipo transversal, ou seja, sempre tem alguém querendo levar vantagem, mesmo em local semaforizado. Concordo que os entregadores de bebidas, a maioria comte abusos, mas ganto quando o Agente flagra, eles são multados. O problema são os motoristas e motociclistas que fazem suas próprias leis e acabam se acidentando. A sinalização ajuda quem respeita, se ela resolvesse tudo, na Afonso Pena, Duque de Caxias, Senador Ludio Coelho não teria morrido ninguém e estas são campeãs de acidentes. Todos tiveram desrespeito da sinalização existente ou as regras do CTB. Temos que perguntar, O QUE POSSO OU DEVO FAZER PARA MELHOR O TRÂNSITO?, COMO É MINHA CONDUTA? Éder
 
Éder Vera Cruz em 27/10/2012 09:23:49
eu acho uma falta de respeito a motociclista colidir com um caminhão de cerveja justamente na sexta-feira. Imagina se quebra toda aquela carga, o que seria de nós? Imagina a perda? Tenha dó:vamos respeitar os caminhões de cerveja que estão correndo em nossas ruas.
 
ramao galeano em 27/10/2012 08:21:27
(...) "para solicitar qualquer tipo de sinalização em bairros basta ligar para o número 118 do órgão." Ah, dá licença né! Parece que é obrigação do povo "solicitar" sinalização. É óbvio que onde não há placas e/ou sinalizadores, deve-se ter mais atenção, porém sinalização em bairros deve haver sempre, não a população ter que solicitar!!!
 
Michele Cerzósimo em 26/10/2012 23:17:43
olha concordo com :lais oliveira e marcos da silva, quando ñ tem sinalização em cruzamento
,PARE , OLHE , se ñ vir ninguem passe, ñ é só ir passando !!!
 
claudio b da cruz jr em 26/10/2012 22:23:55
Marcos da Silva, é muito bonito e fácil ficar falando do CBT e citando seus artigos! mas , na prática, no dia a dia dos moradores de um bairro ,como nós aqui, da Vila palmira, é sim, muito importante, termos sinalizações nos cruzamentos. Isso evitaria muitos acidentes, além de ser educativo!!
 
MARCELLO MENDES em 26/10/2012 17:00:53
Tenho certeza absoluta e muitos vão concordar comigo que a culpa é desses motoristas despreparados dos caminhões de bebidas que fazem das ruas uma propriedade deles. Já vi milhares de vezes esses caras pararem em fila dupla e nas esquinas obstruindo totalmente a visão dos motoristas e quando interpelados ainda zombam da gente. Alegam horário pra cumprir. São irresponsáveis e negligentes e causadores de acidentes. Que a Ciaptran comece a multá-los e os problemas serão amenizados.
 
Mauro Sérgio Ortega em 26/10/2012 12:09:11
Moro na vila palmira, essa é uma vila que não tem sinalização em praticamente todos os cruzamentos , precisa URGENTEMENTE sinalizar aquele bairro ates que aconteça uma tragédia maior...
 
joao ferreira em 26/10/2012 11:56:35
É sabido por todos condutores que quando não há sinalização a atenção deve ser redobrada. Simples assim !!!
 
Lais Oliveira em 26/10/2012 11:36:43
Desde quando é preciso as ruas ter sinalização para evitar acidentes? Em casos de cruzamentos sem sinalização a preferencia é de quem vem da direita. (CTB, art. 29, III: "quando veículos, transitando por fluxos que se cruzem, se aproximarem de local não sinalizado, terá preferência de passagem: ... o que vier pela direita do condutor;").
Ou seja: não é assim que se você não vê placa de "pare", que se pode passar um cruzamento sem cuidado. Na verdade, sem a placa de pare, deve se travegar em uma velocidade baixa, que permita parar o veiculo imediatamente quando observar veiculo (um caminhão de cerveja...) vindo da direita.
E art. 29 do CBT não abre exceção quando uma das ruas não sinalizadas tem linha de onibus, pois como alguem de outro bairro/cidade vai saber da existência da linha?
 
Marcos da Silva em 26/10/2012 11:17:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions