A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2017

04/04/2012 20:13

Após reclamação de moradores, Agetran sinaliza cruzamento

Viviane Oliveira
Com a placa de pare na horizontal, pintada no chão, totalmente apagada e a outra que indicava proibido virar a direita encoberta, os acidentes viraram rotina no bairro.Com a placa de pare na horizontal, pintada no chão, totalmente apagada e a outra que indicava proibido virar a direita encoberta, os acidentes viraram rotina no bairro.

Após reclamação dos moradores da vila Bandeirantes, a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) sinalizou na tarde de ontem (3), o cruzamento da rua Vicente Solari com a Alexandre Fleming, em Campo Grande.

Cansados de presenciar diariamente acidentes na avenida, que tem um grande fluxo de veículos, os vizinhos se reuniram para pedir a Agetran uma sinalização adequada para a via.

Com a placa de pare na horizontal, pintada no chão, totalmente apagada e a outra que indicava proibido virar a direita encoberta, os acidentes viraram rotina no bairro.

Proprietário de uma bicicletaria na rua Alexandre Fleming, Clodib Rocha Fernandes, 63 anos, disse que de sábado até ontem foram cinco acidentes.

“Após o acidente na manhã de ontem coloquei uma placa de pare improvisada, que foi arrancada em um acidente na semana passada”, relata que uma placa estava encoberta e a outra havia sido arrancada.

A contadora Nádia Ali Kassab, 40 anos, que mora no bairro há 21 anos, disse que com a sinalização reforçada pela Agetran espera que diminua os acidentes no local.

Depois de ter o muro destruído por uma caminhonete, a pastora Márcia Sutil, 38 anos, assusta a cada freada que escuta. “Penso que é mais um acidente”, ressalta que volte e meia tem gente trompando no muro da casa dela.

A Agetran pede para quem flagrar qualquer irregularidade no trânsito ou quiser solicitar sinalização no bairro, entrar em contado pelo site http://www.pmcg.ms.gov.br/AGETRAN ou ligar para o número 118.

Morador improvisou uma placa de pare para evitar os acidentes. (Foto: Marlon Ganassin)Morador improvisou uma placa de pare para evitar os acidentes. (Foto: Marlon Ganassin)



Nossa, a que ponto chegamos em Campo Grande (a capital do nosso MS): um morador ter que improvisar uma placa de trânsito na tentativa de reduzir os acidentes em um cruzamento perigoso. Cade o pessoal responsável?? E por falar em placas e sinalização, tem um monte de ruas que não se acha o nome em placa nenhuma, alguem que nao conhece a cidade sofre demais aqui pra achar nome de rua nos bairros.
 
adilson zavatin em 04/04/2012 09:27:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions